quinta-feira, fevereiro 22, 2018

Fundação Getulio Vargas aponta melhora em clima econômico da América Latina

O Indicador de Clima Econômico da América Latina (ICE), elaborado pela Fundação Getulio Vargas (FGV) com parceria do instituto alemão Ifo, registrou 1,5 ponto no levantamento feito em janeiro. O resultado, divulgado hoje (22), é o primeiro positivo em 18 trimestres, e também mostra o maior saldo desde abril de 2013.

O ICE é calculado entre menos 100 e 100. Olhando individualmente para cada país, os melhores resultados foram observados no Paraguai, com 37,2 pontos; na Argentina, com 28,2, e no Chile, com 26,3. Já os países com os piores climas econômicos são Venezuela, com menos 100 pontos; Equador, com menos 30,3; e México, com menos 26,8. O Brasil registrou 4,3 pontos.

Ao todo, 11 países foram analisados. Além dos citados, também entraram na pesquisa a Bolívia, o Peru, Uruguai e a Colômbia.

Junto com o Indicador da Situação Atual (ISA) e o Indicador de Expectativas (IE), o ICE compõe a Sondagem Econômica da América Latina. Trata-se de uma pesquisa trimestral realizada pela FGV sempre nos meses de janeiro, abril, julho e outubro. Ela se baseia em informações prestadas por especialistas econômicos e é voltada para o monitoramento e antecipação de tendências econômicas.

A Sondagem Econômica da América Latina leva em conta diversas variáveis como consumo, investimentos, taxas de juros, inflação, taxa de câmbio, etc. O ISA busca captar o sentimento de especialistas sobre a economia de seus países no momento atual e o IE identifica as perspectivas para os meses seguintes. Por sua vez, o ICE representa o clima econômico e é calculado a partir do ISA e do IE.

A mesma metodologia é aplicada simultaneamente nos diferentes países da América Latina. De acordo com a FGV, houve uma mudança metodológica no cálculo do ICE a partir deste ano e ele passa agora a representar o saldo entre a proporção de avaliações positivas e negativas das economias da região.

Para usar as sobras de arroz: confira a receita de arroz maluco

Fazer arroz demais não é uma situação incomum na vida de quem cozinha. Mas nem pense em jogar fora as sobras de arroz: com elas, é possível fazer o clássico bolinho de arroz, arroz de forno e também o arroz maluco. Esse arroz é uma solução prática, pois, além de utilizar as sobras de arroz, também podemos usar vários ingredientes que facilmente encontramos na nossa geladeira e despensa: vale incrementar com milho, ervilha, presunto, linguiça, bacon, palmito e com o que mais você achar! Confira a nossa sugestão de receita de arroz maluco a seguir:

Ingredientes do arroz maluco

2 xícaras de arroz cozido
3 ovos
100 g de presunto
1/2 cebola picadinha
2 colheres (sopa) de manteiga, margarina ou azeite
pimenta-do-reino a gosto (opcional)
1 cenoura picadinha
ervilha em lata ou congelada a gosto

Modo de preparo

Em uma panela, refogue a cebola em azeite, margarina ou manteiga.
Coloque os ovos e deixe fritar.
Acrescente o presunto, a cenoura, a ervilha e deixe por 2 minutos.
Despeje o arroz já cozido, tempere com pimenta e está pronto!
Sinta-se à vontade para incrementar o arroz maluco com batata palha, milho, tomate, salsinha e outros ingredientes de sua preferência! Use a criatividade e faça um prato totalmente novo com as sobras de arroz. Tem alguma receita especial?

Professores da UERN vão decidir movimento grevista na sexta-feira

Professores da UERN se reúnem em assembleia na próxima sexta-feira (23) às 9h, para avaliar o movimento grevista e traçar os rumos da mobilização docente. A greve, que já ultrapassa os 100 dias, tem como principal ponto de reivindicação o pagamento dos salários atrasados.

Os servidores da universidade e boa parte do funcionalismo público estadual estão com atrasos salariais desde Janeiro de 2016. Desde então as categorias convivem com a insegurança e a falta de um calendário de pagamento que respeite os trabalhadores do estado.

Prefeitura Municipal de João Câmara/RN coloca dez tratores para corte de terra na zona rural

Caetano junto ao secretário de agricultura, João Caetano, trataram imediatamente de disponibilizar tratores para o corte de terra dos agricultores.

O prefeito Maurício Caetano anunciou em uma rede social, que a prefeitura está disponibilizando dez tratores para o corte de terra, cujo serviço já foi iniciado.
 
O secretário de Agricultura do município João Caetano, esteve coordenando o corte de terra na comunidade do Matão. A meta é chegar a todas as localidades da zona rural do município preparando a terra para o agricultor plantar e garantir o sustento de sua família.

Neymar grava mensagem e emociona filho de ex-jogador que morreu vítima de leucemia

O ex-jogador Paulo Júnior, de apenas 33 anos, que teve passagem por Salgueiro, América-RN, Baraúnas e Campinense, morreu no último dia 2 de fevereiro, vítima de leucemia. Vinte dias depois, Matheus, filho de PJ, foi surpreendido com uma mensagem gravada pelo ídolo Neymar, do PSG. A homenagem foi articulada pelo amigo e ex-jogador Jânio Guerreiro, com a ajuda de Márcio Mossoró e Arda Turan, que hoje jogam juntos no Istanbul Basaksehir, na Turquia. 

- Estou aqui para mandar um grande abraço e agradecer o carinho que você tem por mim. Quero desejar muita força não só para você, mas para sua mãe também. Não se esqueça que tem uma estrela lá no céu que está cuidando muito bem de vocês, que é o Paulo - disse Neymar no vídeo (veja abaixo).



- Paulo Júnior sempre foi muito fã de Neymar e defendia que era o melhor jogador do mundo. E isso era sempre motivo de debate com seu grande amigo Jânio Guerreiro. Matheus sempre acompanhou esse pensamento do pai e tem Neymar como grande ídolo. Agora que Paulo Júnior partiu, Jânio fez um trabalho de formiguinha e conseguiu essa linda homenagem de Neymar a família de PJ - contou.  
 

Air France cancela metade dos voos de longa distância por greve

A companhia aérea Air France cancelou metade dos voos de longa distância nesta quinta-feira devido a uma greve de seus funcionários, que exigem aumento salarial.

A empresa garante 75% dos voos programados, ou seja 50% dos voos de longa distância com decolagem de Paris, 75% dos voos de média distância e 85% dos voos de curta distância.

A direção da Air France calcula que 28% dos funcionários estão em greve. Uma fonte interna afirmou que 33% dos pilotos, 37% dos funcionários de cabine e 26% dos trabalhadores em terra aderiram à paralisação.

A greve foi convocada por vários sindicatos.
A direção da empresa propôs aos sindicatos um acordo que prevê um aumento geral dos salários - o primeiro desde 2011 - de 1% e um aumento de 1,4% para os funcionários de terra.

Os sindicatos não aceitaram a proposta, que consideram insuficiente e "não compensa o aumento do custo de vida nem os salários congelados desde 2011".

Os sindicatos exigem um aumento geral dos salários de 6%, com base na alta de 42% do lucro operacional em 2017, a 1,488 bilhão de euros.

Jungmann diz que migração de criminosos do Rio é “plausível” e causa preocupação

O ministro da Defesa, Raul Jungmann, disse hoje (22) que a possibilidade de migração de criminosos do Rio de Janeiro para outros estados é “plausível” e causa preocupação. O Rio está sob intervenção federal na área de segurança pública desde a última sexta-feira (16).

Raul Jungmann disse ainda que, na próxima semana, o general Walter Souza Braga Netto, nomeado interventor na área de segurança pública do Rio de Janeiro, deve apresentar à imprensa, nos próximos dias, o plano detalhado de ação no estado. “Ele espera nos próximos dias apresentar. Acho que essa semana não mais, mas possivelmente no início da próxima”, disse Jungmann.

Segundo Jugmann, a migração do crime ocorre onde há maior eficácia das forças de segurança e pode se dar inclusive dentro de um mesmo estado. “É plausível [a migração do crime organizado]. Essa migração ocorre dentro do Rio de Janeiro, dentro de Pernambuco, dentro de Goiás. Onde você tem uma eficácia maior das forças de segurança, o crime em certa medida migra. Essa é uma preocupação que temos que ter e temos que cuidar para que ela não se corporifique”, disse, em entrevista a jornalistas.

Hoje, o ministro da Justiça, Torquato Jardim, se reuniu com secretários de segurança pública de São Paulo, Espírito Santo e Minas Gerais que são vizinhos do Rio de Janeiro. “Claro que preocupa e claro que é importante ter a cooperação desses estados. Acredito que o futuro Ministério da Segurança vai se debruçar sobre isso em conjunto com esses governos”, respondeu.

Depois de 22 anos no Brasil, Fiat Palio sai de linha

Ex-líder de vendas no Brasil, o Fiat Palio saiu de linha no país, confirmou a montadora nesta quinta-feira (22). O modelo já não está mais disponível no site da marca e "sumiu" ao mesmo tempo em que o sedã Cronos era lançado. 

Outro a dar adeus foi o Punto. Ambos foram susbtituídos simultaneamente pelo Argo, lançado no ano passado. Com o fim do Palio, o Mobi assume de vez a posição de veículo de entrada da montadora no país, enquanto o Uno é uma opção intermediária.

As vendas do Palio já estavam em baixa, e o G1 mostrou que a chegada do Argo poderia influenciar sua saída de linha.

Lançado em 1996, o Palio teve mais de 3 milhões de unidades vendidas e produzidas nesses 22 anos. Seu auge foi em 2014, quando conseguiu desbancar o Gol na liderança de vendas. Mas essa posição durou apenas um ano, e o Palio foi superado pelo Chevrolet Onix na sequência.

Clientes do Banco do Brasil poderão fazer transações pelo Facebook

Os clientes do Banco do Brasil poderão fazer transações bancárias diretamente pelo Messenger, aplicativo de mensagens instantâneas do Facebook, sem precisar utilizar o serviço de internet banking ou o aplicativo do banco.

Segundo o banco, a troca de informações nas interações com os clientes são criptografadas de ponta a ponta.

“Queremos estar em todos os lugares em que o cliente gosta de estar, seja no aplicativo ou na rede social. As pesquisas mostram que o brasileiro aprecia muito as redes sociais”, disse hoje (22) o diretor de tecnologia do Banco do Brasil, Gustavo Fosse.

A ferramenta será iniciada com um projeto-piloto com cerca de mil clientes e um grupo de funcionários do banco. Inicialmente, estão disponíveis consulta de extrato da conta-corrente e informações sobre cartão de crédito como fatura, solicitação de segunda via e liberação de uso.

Nos próximos dias, as consultas de saldo e extrato da poupança, assim como o extrato de fundos de investimento também estarão disponíveis pelo atendimento no Messenger. Após a fase de testes, o serviço será ampliado para todos os clientes.

O atendimento na nova plataforma será feito por meio do assistente virtual do banco, que já funciona para tirar dúvidas de clientes por meio de chatbot (“robô” que simula uma conversa com os clientes) no Messenger do Facebook combinada com o Watson, a plataforma de inteligência artificial para negócios da IBM na nuvem.

Há um ano, o BB adotou Watson para auxiliar os funcionários a agilizar o atendimento e responder a dúvidas e solicitações dos clientes. Em agosto do ano passado, a instituição ampliou o uso da inteligência artificial para seu novo canal de atendimento pelo Messenger do Facebook para tirar as principais dúvidas dos clientes sobre sua conta ou serviços oferecidos pelo banco.

Segundo o Banco do Brasil, foram mais de 500 mil interações e cerca de 60 mil clientes respondidos com informações sobre os mais diversos temas, como atendimento, cartão, conta-corrente, investimentos, linhas de crédito, solução de dividas, programa de relacionamento e câmbio.

A interação pelo chatbot representa 70% dos atendimentos feitos pelo BB no Facebook. Quando é necessário algum tipo de interação humana, o atendimento é encaminhado para funcionários do banco.

Desde outubro, o chatbot foi ampliado para os sistemas próprios do banco e migrou para o aplicativo. Em dezembro, começou a ser utilizado no internet banking para interações com clientes sobre módulo de segurança e bloqueio de senha.

Estudante morre após pai atear fogo com família em casa no CE

Morreu nesta quarta-feira (21) a universitária Juliana Oliveira, que sofreu queimaduras em um incêndio na residência junto com a família, em Assaré, no interior do Ceará. Ela estava internada há 11 dias no Hospital Instituto Doutor José Frota, em Fortaleza, e havia sofrido queimaduras em 85% do corpo.

O pai de Juliana, João Batista de Oliveira, era o suspeito de atear fogo na casa junto com a família em 10 de fevereiro e morreu na madrugada de segunda-feira (19). Ele havia sofrido queimaduras em 95% do corpo.

Juliana Rodrigues tinha 18 anos e era estudante de Economia na Universidade Regional do Cariri (Urca). 

Outras duas pessoas da família ficaram feridas no incêndio, a mulher e um filho de 11 anos de João Bastista. Eles tiveram ferimentos menos graves, receberam atendimento médico e estão em casa.

As causas do crime ainda não foram esclarecidas. Policiais de Assaré, município onde ocorreu o caso, aguardam a recuperação das sobreviventes para ouvi-las. 

Moradores da comunidade retiraram a família da casa em meio às chamas. O vizinho Francisco Lima disse à TV Verdes Mares que viu a fumaça na residência e o desespero dos moradores para salvar a família. Eles arrombaram a porta e conseguiram retirar os quatro feridos. Juliana foi a primeira a ser retirada.  

Um outro vizinho disse que o marido, suspeito do crime, é tido como uma pessoa tranquila, mas no momento do crime estava bêbado. Segundo ele, a mulher pediu a separação, e o agricultor não aceitou.

30% dos brasileiros vendem vale refeição, revela levantamento do SPC Brasil e CNDL

Apesar de a comercialização de benefícios como ‘vale restaurante’ e ‘vale alimentação’ ser caracterizada como crime de estelionato e punível até mesmo com a demissão por justa causa, a prática é bastante comum entre os trabalhadores brasileiros. De acordo com um levantamento realizado em todas as capitais pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), três em cada dez (30%) consumidores já venderam o ticket refeição que recebem de seu empregador, mesmo que ocasionalmente (15%). Para 14%, essa é uma prática frequente. Os que declararam nunca recorrer a essa prática somam 44% dos entrevistados, ao passo que 26% não recebem o benefício.

O levantamento demonstra que há uma série de razões para explicar esse comportamento de vender o ticket refeição, todas elas ligadas de alguma forma a necessidade de consumir ou aumentar a renda pessoal. Na avaliação dos próprios entrevistados, 29% tomam essa atitude para complementar a renda e 25% para realizar compras no dia a dia. Outros 22% o fazem para pagar contas ou dívidas e 22% poupam o dinheiro que recebem em troca.

“Além de ser uma prática ilícita, tanto para quem vende quanto para quem compra, trocar o ticket refeição por dinheiro é mau negócio, pois sempre existe um percentual de desconto exigido pelo comprador, o que faz com que com o consumidor perca parte do valor real do benefício. Segundo a legislação trabalhista, é um benefício que deve ser utilizado exclusivamente para alimentação em restaurantes ou fazer compras em supermercados”, explica a economista-chefe do SPC Brasil, Marcela Kawauti.

Tiago Cartuchos em João Câmara/RN


Rodovias terão maior controle para evitar fuga de criminosos do Rio de Janeiro

O ministro da Justiça, Torquato Jardim, declarou hoje (22) que uma das medidas para evitar que os criminosos cariocas fujam, devido à intervenção militar, para os estados que fazem divisa com o Rio de Janeiro (São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais) é o aumento do controle nas rodovias. Jardim disse que as polícias rodoviárias estadual e federal poderão agir em conjunto em vias estratégicas como a Fernão Dias e Dutra. 

A decisão foi tomada em reunião hoje, na capital paulista, entre o ministro e os secretários de Segurança de São Paulo, Mágino Alves Filho, do Espírito Santo, André Garcia, e de Minas Gerais, Sérgio Barboza Menezes. Os secretários ressaltaram que a iniciativa é apenas preventiva, já que repressões ao tráfico de drogas em situações anteriores no Rio não provocaram fuga para esses estados. 

No encontro de hoje, que durou cerca de duas horas, foi estabelecido um protocolo de intenções, com medidas que ainda serão implementadas. Segundo o ministro, haverá cooperação política, financeira e operacional entre os estados e a União. “A eficiência será maior se trabalharmos todos juntos”, declarou Jardim.  

As fronteiras com Argentina, Paraguai, Bolívia, Colômbia e Peru terão reforço na segurança para evitar a entrada no país de drogas e também de munição. Em São Paulo, o secretário Mágino Alves garantiu que a operação na divisa não implicará em aumento de custos. Segundo ele, a polícia paulista não detectou anormalidades no quadro de segurança em virtude das recentes mortes de lideranças e da condenação do líder do PCC, o Marcola. “Nos presídios, o clima é de absoluta tranquilidade. Não há motivo para receio em relação a essas mortes e condenação”, declarou.

Pensão em atraso gera suspensão de carteira de habilitação

Um homem teve sua Carteira Nacional de Habilitação (CNH) suspensa pela Justiça como forma de condenação por atrasar o pagamento de pensão alimentícia. A decisão foi tomada após abertura de processo por parte da Defensoria Pública do Estado do Rio Grande do Norte (DPE/RN) diante da pendência de pagamento dos alimentos entre os meses de novembro de 2010 e março de 2011.

Na ação, a mãe da criança registrou que a pensão havia sido estipulada pela Justiça no valor de 21,5% do salário mínimo vigente no país. O genitor da criança, no entanto, deixou de efetuar o repasse dos valores no intervalo de cinco meses o que gerou uma dívida de R$ 770,13. “Todos os meios ordinários imprescindíveis a assegurar a quitação do crédito de natureza alimentar da exequente foram diligenciados durante o curso do processo por este Juízo, mas sem nenhum resultado positivo”, registra a decisão.

Em decisões anteriores, a Justiça já havia determinado a penhora on-line dos ativos do genitor, penhora de bens móveis e bloqueio de PIS e FGTS, além da inscrição em cadastro restritivo de créditos, todos sem sucesso. O texto registra ainda que a penalidade é razoável diante da possibilidade de penas mais severas como a prisão civil prevista na lei para esse tipo de caso.

Por fim, a decisão determina que o Departamento Estadual de Trânsito do Rio Grande do Norte (Detran/RN) apreenda a CNH do homem e recolha uma motocicleta que consta no nome do mesmo.

Governo do RN convoca professores para a rede de ensino técnico

O Governo do Estado, por meio da Secretaria da Educação e da Cultura, realizou a convocação de 22 professores temporários para rede de ensino técnico do estado. Os novos professores atuarão nas áreas de Administração, Edificações, Energia Renovável, Guia de Turismo, Informática, Manutenção e Suporte em Informática, Meio Ambiente, Nutrição e Dietética, Segurança do Trabalho. A lista de convocados foi publicada na edição desta quinta-feira (22) do Diário Oficial do RN.

A titular da Educação do RN, Cláudia Santa Rosa, destacou o crescimento das escolas com de ensino técnico. “A rede estadual conta com 8 centros e 53 unidades de ensino que ofertam ensino médio articulado com a educação profissional. Até 2016, havia apenas uma escola. Hoje, no segundo ano da rede técnica, vamos equipar melhor nossas unidades de ensino. Dou boas-vindas aos novos professores”, disse Santa Rosa.

Os candidatos terão trinta dias, a partir da data de publicação, para se apresentarem nas sedes das Diretorias Regionais de Educação e de Cultura de onde foram convocados.

Os convocados devem apresentar o atestado de sanidade mental (válido por trinta dias) e os seguintes exames médicos: hemograma; glicemia em jejum; sumário de urina com sedimentoscopia; parasitológico de fezes, todos esses têm que ter a validade de 90 dias. Eletrocardiograma com parecer de um cardiologista, e o raio x do tórax em PA e Perfil com laudo de um radiologista, com validade de 6 meses.

Além dos exames acima, as candidatas gestantes devem apresentar laudo de ginecologista atestando estarem isentas dos exames de radiologia.

Os homens com idade igual ou superior a 45 anos devem apresentar também dosagem PSA. E as mulheres devem levar a citologia oncótica com parecer de médico ginecologista e o exame de mamografia, para as candidatas com idade igual ou superior a 45 anos, com parecer de médico mastologista.

Junto com os exames médicos, os convocados devem apresentar o diploma de conclusão de curso com habilitação para o cargo, devidamente registrado por órgão competente, e os documentos pessoais: cópia de cédula de identidade, cópia de cadastro de Pessoa Física – CPF, comprovante de residência, cópia do título de eleitor e declaração de quitação eleitoral, cópia da certidão de reservista (sexo masculino), cópia de CTPS – Carteira de Trabalho e Previdência Social (página com foto – frente e verso e todos os contratos de trabalho assinado  e a seguinte em branco, cópia do PIS ou PASEP, cópia de certidão de nascimento ou casamento, atestado de Saúde Ocupacional (ASO), habilitando o candidato para o exercício do cargo, expedido por Médico do Trabalho, número da conta bancária (Conta no Branco do Brasil) e agência em nome do titular do contrato e certidão negativa de antecedentes criminais expedidas pelas Justiças estadual e federal, assim como pela Polícia Civil da localidade em que o candidato possuir residência nos últimos cinco anos.

Clique aqui e tenha acesso ao edital de convocação.

Nova ferramenta do INSS mostra quanto tempo falta para se aposentar

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) lançou um novo serviço que simula o tempo de contribuição e diz se o trabalhador já tem tempo para pedir a aposentadoria por idade ou por tempo de contribuição.

O lançamento da ferramenta ocorre dias depois de o governo anunciar oficialmente a suspensão da tramitação da reforma da Previdência no Congresso. A proposta de emenda à Constituição (PEC), que deve ficar parada até o fim do ano, endurece as regras para se aposentar e mira sobretudo aumentar a idade mínima para atingir o benefício.

Diferente da ferramenta anterior disponível no site, a nova calculadora realiza uma busca automática de todas as informações e dados de vínculos do trabalhador registrados nos sistemas do INSS. A simulação funciona apenas como um primeiro “indício” do direito, pois ao visualizar a suposta possibilidade de aposentadoria, o trabalhador entrará em contato com o INSS para saber se, de fato pode receber o benefício.

O simulador está inserido no Meu INSS, uma ferramenta criada pelo instituto para desburocratizar a vida dos segurados. No portal, a pessoa acessa e acompanha todas as informações da sua história de trabalho como dados sobre contribuições previdenciárias, empregadores e períodos trabalhados.

O objetivo é que por meio do Meu INSS o segurado consiga acompanhar todas as fases do pedido pela internet, interagir com o INSS quanto ao seu processo e receber notificações diretamente pelo site ou aplicativo para celulares.

PF desarticula grupo que fraudava seguro-desemprego no Pará e Maranhão

A Polícia Federal (PF) deflagrou hoje (22) a operação Seguro Fake, para desarticular um grupo criminoso especializado em fraudes no seguro-desemprego.

Estão sendo cumpridos 19 mandados de prisão e 27 de busca e apreensão nas cidades de Redenção e Conceição do Araguaia, no Pará, e São Luiz e São José de Ribamar, no Maranhão. Segundo a PF, os dois estados apresentam alta incidência desta modalidade de fraude.

A investigação é resultado do desenvolvimento de uma nova metodologia de investigação elaborada pela PF e o Ministério do Trabalho, que inter-relacionam saques, apontando elementos comuns e, segundo a PF, possibilitando indicar qualquer tipo de fraude.

Polícia identifica quatro grupos criminosos
Durante as investigações, foram identificados quatro grupos criminosos. Os investigados responderão por estelionato qualificado, inserção de dados falsos em sistemas de informações e associação criminosa, com penas que podem ultrapassar 20 de reclusão.

A operação é uma ação coordenada entre policiais federais e servidores do Ministério do Trabalho. Em apenas dez minutos, os policiais flagraram 42 tentativas de fraude ao benefício em uma única agência da Caixa Econômica Federal, na cidade de Redenção.
Desenvolvido pelo ministério e implantado em dezembro de 2016, o Sistema Antifraude do Seguro-Desemprego bloqueou, até ontem (21), mais de 57 mil requerimentos, o que equivaleria a aproximadamente R$ 757 milhões em benefícios fraudados.

Governador do RN diz que em dois meses põe salários em dia

O governador do Rio Grande do Norte, Robinson Faria (PSD), disse que em dois meses vai pôr em dia o pagamento dos salários do funcionalismo público. A promessa foi feita na manhã desta quarta-feira (21) em entrevista ao Bom Dia RN, da Inter TV Cabugi. Para isso, ele espera autorização do Tribunal de Justiça para fazer novos saques no Funfirn, o Fundo Financeiro do Estado.

“Na hora que o TJ autorizar, são 300 e poucos milhões de reais, vamos colocar a folha em dia dos que mais precisam, que são os inativos – os aposentados e os pensionistas. Com esse dinheiro aprovado no TJ, autorizando o estado a utilizar, e com outras vertentes que estamos buscando, pretendemos colocar a folha em dia em no máximo em dois meses”, afirmou.

Os servidores estaduais convivem com atrasos salariais, praticamente, desde o início da atual gestão. A folha de janeiro, por exemplo, ainda não foi finalizada. Ainda esperam receber cerca de 10 mil servidores que ganham acima de R$ 4 mil. E o 13º salário também não tem data para ser pago.

RN produz quase 30% da energia eólica do Brasil

Dos 13 gigawatts (GW) da capacidade instalada de energia eólica no Brasil alcançadas esta semana, o Rio Grande do Norte responde por 3,7 GW, liderando a produção dessa fonte de energia no país.

Lideram o ranking de produção de energia eólica os estados do Rio Grande do Norte (3,7 GW); Bahia (2,5 GW); Ceará (1,9 GW) e Rio Grande do Sul (1,8 GW).

Passados menos de dez anos do primeiro leilão de energia eólica no Brasil (2009), a capacidade instalada do país é quase o mesmo volume gerado pela maior hidrelétrica brasileira, Itaipu, com 14 GWs, e bem perto da França (13,7 GW), sétima colocada no ranking mundial da produção de energia pelo vento.

O Brasil está em oitavo lugar, segundo ranking divulgado no dia 15 de fevereiro pelo Global World Energy Council (GWEC). Em 2012, estava na 15ª posição.

Emprego: Aplicativo Sine Fácil ultrapassa a marca de um milhão de downloads

O Sine Fácil, aplicativo do Ministério do Trabalho para busca e encaminhamento de emprego, ultrapassou a marca de um milhão de downloads. Desde o lançamento, em 23 de maio de 2017, já foram realizadas mais de 38 milhões de pesquisas por vagas na plataforma digital e 308 mil trabalhadores foram encaminhados a processos seletivos em todo o país por meio da ferramenta.

O aplicativo é gratuito e pode ser utilizado em smartphones com sistemas Android e iOS. Basta o trabalhador entrar na loja virtual do seu telefone e baixar a ferramenta. A partir daí, ele poderá pesquisar vagas em todo o país, se candidatar aos postos e marcar entrevistas de emprego.

O ministro do Trabalho substituto, Helton Yomura, salienta que essa é mais uma das ações do governo federal em prol do emprego formal no Brasil. “A ferramenta faz parte de um pacote de serviços digitais que auxiliam o trabalhador, como a Escola do Trabalhador, o Seguro Desemprego Web e a Carteira de Trabalho Digital”, enfatiza.

Yomura acrescenta ainda que a pasta criou o aplicativo após identificar que havia vagas disponíveis no mercado, mas as informações não chegavam ao conhecimento de quem estava em busca de uma colocação.

4 alimentos que ajudam a diminuir a azia

Quem nunca sentiu aquela azia? Essa queimação desagradável ocorre quando não há a contração da válvula do estômago e o ácido gástrico escapa para o esôfago. A azia pode ter diversas causas, como a má digestão, estresse e gastrite, e pode ser sintoma de alguma doença gástrica, o que deve ser investigado mais a fundo por um médico. Mas, para um alívio mais imediato, o Tudo gostoso te conta 4 alimentos que ajudam a diminuir a azia.

Alimentos que ajudam a diminuir a azia

 

Maçã

Diversas frutas ajudam a aliviar a acidez estomacal, e entre elas está a maçã. Isso porque ela é rica em fibras, o que ajuda a regularizar o intestino. Além disso, a maçã possui ação cicatrizante, o que ajuda a aliviar a queimação.

Banana

A banana é considerada um antiácido natural. Portanto, se você está sofrendo muito com azia, coma uma banana. Você verá que o alívio é quase imediato!

Pão integral

Se você sofre muito com queimação no estômago, dê preferência aos alimentos integrais. Eles são responsáveis por ajudar a manter os níveis de ácido clorídrico equilibrados, que causa a azia.

Manjericão

O manjericão auxilia a aliviar as dores causadas pela azia, já que ele é um calmante natural. Além disso, o manjericão e outras ervas frescas podem substituir o uso do sal nas receitas, que pode ser um problema para quem sofre de gastrite. Mas lembre-se: anda sentindo muita azia? Procure um médico para ver qual é a causa desse sintoma!

 

Hábitos alimentares

Uma alimentação balanceada é tudo, mas mudar alguns hábitos alimentares também é importante. O Tudo gostoso dá algumas dicas:

Pular refeições: muita gente tem o costume de pular refeições quando está com pressa, mas esse não pode se tornar um hábito. Quando você pula refeições, você tende a comer mais na próxima refeição, o que faz com que o estômago produza mais suco gástrico para digeri-las.

Comer muito rápido ou não mastigar direito: o alimento começa a ser digerido já na mastigação. Portanto, quando você come muito rápido, o estômago precisa trabalhar dobrado para digerir esse alimentos.

Papa adverte sobre obsessão de jovens em receber "curtidas" na internet

O papa Francisco publicou nesta quinta-feira (22) sua mensagem para a Jornada Mundial da Juventude (JMJ) de 2018 e advertiu sobre o atual medo que os jovens têm de não serem aceitos pelo que são e que muitos estão se tornando obsessivos em receber "curtidas" nas redes sociais. A informação é da EFE.

A Igreja Católica realizará a  JMJ em nível diocesano em 25 de março, e a mensagem publicada  hoje é um "passo a mais no processo de preparação para a JMJ do Panamá, que se realizará em janeiro de 2019", escreveu o papa. Ele disse que atualmente muitos jovens se sentem atingidos por receios e que em muitos "existe um profundo medo de não serem amado e queridos pelo que são".

"Muitos jovens fazem continuamente 'photoshop' das suas imagens, escondendo-se por trás de máscaras e identidades falsas, chegando quase a tornar-se, eles próprios, um 'fake', uma identidade falsa", alertou o sumo pontífice.

O papa, que costuma usar uma linguagem coloquial e moderna quando fala com os jovens, disse ainda que "muitos têm a obsessão de receber o maior número possível de 'likes' (curtidas). E desta sensação de desajustamento, surgem muitos medos e incertezas".

Para Francisco, os jovens temem não conseguir encontrar uma segurança afetiva e "frente à precariedade do trabalho", muitos têm medo a não alcançar uma situação profissional satisfatória e não cumprir os seus sonhos. Como ajuda para os momentos de "dúvida e medo", ele propôe o "discernimento para colocar em ordem os pensamentos e sentimentos e atuar de maneira justa e prudente" e assim " não perder tempo e energias com fantasmas sem rosto nem consistência".

"Não deixeis, queridos jovens, que os fulgores da juventude se apaguem na escuridão duma sala fechada, onde a única janela para olhar o mundo seja a do computador e do smartphone", aconselhou. O pontífice concluiu a sua mensagem dizendo que a JMJ "é para os corajosos" e " não para jovens que só buscam comodidade, recuando à vista das dificuldades".

"Aceitam o desafio?", perguntou Francisco.

Meteorologistas prevêem inverno com chuvas acima da média no RN

O semiárido da região Nordeste, vai ter um inverno com chuvas de normal a acima do normal, nos meses de março, abril e maio. Essa foi a conclusão da II Reunião de Análise Climática para o Semiárido do Nordeste Brasileiro, que foi realizada pela Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (EMPARN).

Meteorologistas dos centros de previsão climática do Nordeste e de centros nacionais como o Centro de Pesquisa Tempo e Estudos Climáticos (CPTEC/INPE) e o Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) se reuniram nos dias 20,21 e 22 de fevereiro, para analisar e discutir as informações geradas pelos modelos meteorológicos, assim como, as condições climáticas e qual a influência delas na geração chuvas. Esse resultado da reunião, é semelhante a conclusão do encontro realizado em janeiro, pela Funceme, no Ceará. Mas desta vez segundo o meteorologista da Emparn, Gilmar Bristot, as condições climáticas estão ainda mais favoráveis para que ocorra chuvas no semiárido “a temperatura do Oceano Atlântico Sul que está mais quente e o resfriamento no Atlântico Norte que favorecem a permanência da Zona de Convergência Intertropical sobre a região Nordeste”. A Zona de Convergência Intertropical é o principal sistema causador de chuva no semiárido nordestino

A análise dos campos atmosféricos e oceânicos de grande escala (vento em superfície e em altitude, pressão ao nível do mar, temperatura da superfície do mar, entre outros), e dos resultados de modelos numéricos globais e regionais e de modelos estatísticos de diversas instituições de meteorologia do Brasil (FUNCEME, INMET, CPTEC/INPE) e do exterior indicou que há uma maior probabilidade de chuvas acima do normal, na faixa do Nordeste, que engloba todo o semiárido potiguar.

No Oceano Pacífico equatorial, observou-se a continuidade do Fenômeno La Niña com intensidade fraca, mas ocupando uma grande área na superfície desse oceano. A permanência dessa condição vem ocorrendo de acordo com os resultados dos modelos de previsão de anomalia de TSM, e projetam que essa condição permanecerá nos próximos meses.

No Rio Grande do Norte, 92% do seu território é semiárido, engloba as regiões Central, Oeste e quase toda região Agreste. No semiárido o período de inverno vai de fevereiro a maio, com exceção da região agreste onde o período chuvoso se estende até o mês de agosto.

67,6% dos brasileiros apoiariam uma intervenção em suas cidades

Se a intenção do governo Michel Temer com a intervenção federal na segurança pública  do Rio de Janeiro era (como dizem alguns analistas) mudar sua rota negativa de impopularidade, ele pode (em certa medida) estar no caminho certo — pelo menos segundo sondagem do Instituto Paraná Pesquisas divulgada nesta quarta-feira (21).

Segundo o instituto de pesquisas, 74% dos entrevistados aprovam a medida decretada por Temer na última sexta-feira (16) e chancelada pelo Congresso Nacional nesta semana. Apenas 20,5% dos participantes se declararam contra a intervenção e outros 5,4% não quiseram opinar.

67,6% deles afirmaram que aprovariam uma eventual intervenção federal em suas respectivas cidades contra 27,6% que se opõem à ideia.

A sondagem mostra, porém, que o grau de aceitação e rejeição da medida varia conforme o nível de instrução do entrevistado.

Assim, 77,9% e 73,6% dos entrevistados que concluíram até o ensino fundamental afirmam, respectivamente, que aprovaram a intervenção federal no Rio e apoiariam uma medida semelhante em suas cidades. Entre quem tem até o ensino superior, a proporção cai para 67,1% e 58,8%, na mesma ordem.

Em vigor desde a última sexta, a intervenção federal na segurança do Rio de Janeiro vale até 31 de dezembro deste ano. Enquanto estiver em vigor, o general Walter Braga Netto, do Comando Militar do Leste, será o interventor no Estado e terá o comando dos aparelhos de segurança do Rio, como as Polícias Civil e Militar.

Uma série de dúvidas e polêmicas aindam cercam a medida. Por exemplo, um dos principais debates da semana foi a declaração do ministro da Defesa, Raul Jungmann, de que a intervenção demandaria mandados de busca e apreensão coletivos, quando a Justiça autoriza a aplicação dessas medidas para aplicação em uma área mais abrangente. Após a repercussão negativa da proposta, o governo voltou atrás e suspendeu a possibilidade de adoção da medida.

A pesquisa online foi feita com 2882 pessoas de 215 municípios nos dias 19 e 20 de fevereiro. A margem de erro é de 2% com um grau de confiança de 95%.

Dois homens morrem soterrados em mina no interior do RN

Dois homens morreram soterrados após um desmoronamento em uma mina de scheelita em Bodó, no Central Potiguar. O acidente aconteceu no fim da manhã desta quinta-feira, 22.

Inicialmente, os homens foram identificados como Jonas Eleutério e João Adelino. Ambos moravam no município em que o acidente aconteceu.

*Mais informações em instantes.

Receita de Empadão de peixe

Se você gosta de receita econômicas e que não devem em nada no sabor, prepare este empadão de peixe ainda hoje! Dá para a família toda se deliciar com este prato incrível!

 

Ingredientes do empadão de peixe

  • 3 xícaras (chá) de farinha de trigo
  • 1 colher (chá) de sal
  • 5 colheres (sopa) de manteiga
  • 1 ovo l 1/3 de xícara (chá) de água (aproximadamente)
  • Margarina e farinha de trigo para untar e enfarinhar
  • 1 gema para pincelar

 

Recheio

  • 3 colheres (sopa) de manteiga
  • 1 cebola picada
  • 600g de peixe branco em cubos
  • 2 tomates sem sementes picados
  • 1 lata de milho verde escorrido
  • 1/2 xícara (chá) de azeitona verde picada
  • Sal e salsa picada a gosto
  • 1 xícara (chá) de requeijão cremoso

 

Modo de preparo

Misture a farinha com o sal e a manteiga até formar uma farofa. Adicione o ovo e a água, misturando até formar uma massa leve. Se necessário, adicione mais água. Embrulhe em filme plástico e leve à geladeira por 30 minutos. Aqueça uma panela com a manteiga, em fogo médio, e frite a cebola e o peixe até dourar levemente. Adicione o tomate, o milho, a azeitona, sal, salsa e refogue por 3 minutos. Misture o requeijão e desligue. Abra a massa com um rolo e forre o fundo e a lateral de um refratário redondo médio untado e enfarinhado com 2/3 da massa. Distribua o recheio e cubra com a massa restante, usando as sobras para decorar. Pincele com a gema e leve ao forno médio, preaquecido, por 30 minutos. Deixe amornar, desenforme e sirva.

Tempo: 1h10 (+30min de geladeira)
Rendimento: 8 porções
Dificuldade: fácil

Câmara deve aguardar STF antes de votar auxílio-moradia, disse Maia

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse hoje (22) que a votação de um projeto de lei que trata do teto salarial de servidores dos três Poderes, incluindo uma nova regulação para o auxílio-moradia, deve ocorrer somente após o Supremo julgar ações sobre o tema.

“Eu defendo que a gente espere o julgamento e faça depois, porque a interpretação do Supremo sobre esse tema vai ser a base do trabalho e não adianta legislar de uma forma e o Supremo interpretar de outra”, disse Maia.

As declarações foram dadas após reunião de mais de duas horas nesta manhã com presidente do STF, ministra Cármen Lúcia, da qual também participaram o presidente da comissão especial sobre supersalários na Câmara, deputado Benito Gama (PTB-BA), bem como a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, e o corregedor nacional de Justiça, João Otávio Noronha.

A reunião foi marcada um dia depois do STF ter divulgado a pauta de julgamentos para o próximo mês, que é elaborada por pela ministra. Na agenda, consta o julgamento, em 22 de março, de cinco ações que podem ter impacto sobre os salários de membros do Judiciário, incluindo quatro sobre auxílio-moradia relatadas pelo ministro Luiz Fux.

A divulgação da data do julgamento causou reação entre magistrados. Procurada, a Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe) confirmou que discute a realização de atos antes do tema ser analisado pelo plenário do STF, com a intenção de defender a valorização da carreira dos magistrados.

Segundo Maia, na reunião desta quarta foi feita uma apresentação sobre os salários recebidos por membros do Judiciário. As informações, que constatam o recebimento de vencimentos acima do teto constitucional por magistrados de todos os estados, foram disponibilizadas na Internet após resolução do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) publicada em agosto do ano passado. Dos 92 tribunais do país, 77 forneceram suas folhas de pagamento.

Atualmente, todos os juízes brasileiros têm direito a receber o auxílio moradia, hoje no valor de R$ 4,3 mil, por força de decisão liminar concedida por Fux, que entendeu que o auxílio-moradia está previsto na Lei Orgânica da Magistratura (Loman - Lei Complementar 35/1979). De acordo com a Advocacia-Geral da União (AGU), o custo anual do auxílio é de aproximadamente R$ 435 milhões.

Acidente com monomotor em Manaus mata três pessoas

Um avião monomotor caiu na manhã desta quinta-feira (22) em Manaus, em um terreno baldio próximo à rodoviária da capital amazonense, matando três pessoas das cinco que estavam a bordo. Uma equipe do Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas foi a primeira a chegar ao local. 

As duas pessoas retiradas com vida pelos bombeiros foram levadas por uma ambulância do Samu para hospitais da região. Segundo o capitão Vanderson, do Corpo de Bombeiros, um dos feridos estava em estrado grave. 

Ele informou também que peritos da Aeronáutica já estão no local, colhendo dados para determinar a causa do acidente. O capitão avaliou que o piloto evitou uma tragédia maior ao desviar a aeronave para uma área desabitada da cidade. 

O militar disse ainda que os três corpos permanecem entre as ferragens, aguardando a liberação pelos legistas do Instituto Médico-Legal do Amazonas. O militar não soube informar de onde procedia o avião e nem a identificação das vítimas.

Programa de Educação Fiscal distribui livro sobre cidadania nas escolas

A Comissão executiva do Programa de Educação Fiscal do RN iniciou a entrega do livro didático “A galera se Liga em Cidadania”, nas escolas públicas de Natal. Nesta semana, foram entregues 390 exemplares nas Escolas Estaduais Stela Wanderley e Prof. José Fernandes Machado. O objetivo, além de fazer a distribuição, foi apresentar o material para os professores e alunos, bem como mostrar a importância dele para a inserção da Educação Fiscal na prática escolar.

Durante a visita, representantes das Secretarias de Estado de Tributação (SET) e de Educação e Cultura (SEEC) mostraram aos professores como desenvolver o tema Educação Fiscal em sala de aula ao inserir o livro como um complemento para este assunto. Além disso, convidaram os educadores de cada escola, a participarem do curso “Disseminadores de Educação Fiscal” (DEF), na modalidade de Ensino a Distancia (EaD), que acontece semestralmente, com previsão para iniciar em maio, deste ano.

A professora Maeli Maria, que trabalha no apoio pedagógico da E.E. Stela Wanderley, disse que o livro chegou em um momento bastante oportuno, já que o tema deste ano do projeto pedagógico da escola é voltado para cidadania.
J
á a vice-diretora da E.E Prof.José Fernandes Machado, Luanda Moreno, disse que o projeto anual de 2018 na escola, será discutir com os alunos como funciona o processo eleitoral. “Nesta ocasião iremos entrar com o tema de cidadania e o livro será primordial para debatermos esse tema e a educação fiscal no dia a dia de cada um”, disse.

Lisymá Soares, da SET, acredita que o livro vai se encaixar positivamente nos projetos anuais de ambas as escolas, já que este tema Educação Fiscal é um processo educativo que visa à construção de uma consciência voltada ao exercício da cidadania. “O que propicia a participação do cidadão, no funcionamento e aperfeiçoamento dos instrumentos de controle social e fiscal do Estado”, finalizou.

Outras escolas públicas do Estado também receberão os exemplares do livro “A galera se Liga em Cidadania”. E a SET, juntamente com a SEEC, darão continuidade as visitas e entregas deste material, no decorrer do ano.

Programa de Educação Fiscal do Rio Grande do Norte
Desenvolvido pelo Governo do Estado do RN, por meio das Secretarias de Estado de Tributação (SET) e da Educação e Cultura (SEEC), o Programa de Educação Fiscal do RN visa promover nas escolas públicas ações que visem o exercício da cidadania, ao passo em que sensibiliza os alunos sobre a função socioeconômica dos impostos e leva conhecimento sobre os recursos públicos. Além disso, são esclarecidos pontos ligados ao aperfeiçoamento dos instrumentos de controle social e fiscal do Estado.

Mudanças em leis provocaram retrocessos em direitos humanos em 2017, diz Anistia

Em 2017, o aumento dos homicídios, assassinato de defensores e a apresentação de propostas para mudar a legislação representaram retrocesso aos direitos humanos no Brasil. É o que aponta o relatório O Estado dos Direitos Humanos no Mundo, divulgado mundialmente na noite de hoje (21) pela organização Anistia Internacional. 

Segundo a diretora da Anistia Internacional Brasil, Jurema Werneck, as crises econômica e política de 2017 serviram de “cortina de fumaça” para tentativa de líderes políticos de avançar uma “agenda muito regressiva” em relação aos direitos sexuais e reprodutivos, dos trabalhadores, das mulheres, na segurança pública, acesso à terra e aos recursos naturais e do direito de protestar. 

Entre as propostas legislativas apontadas estão as que trataram da redução da idade para julgamento de jovens, da alteração no Estatuto do Desarmamento, restrição do direito de manifestação pacífica, criminalização dos movimentos sociais, mudanças na demarcação de terras indígenas e quilombolas e diminuição nas proteções trabalhistas e previdenciárias. A organização cita ainda a Lei 13.491, que permite que militares das Forças Armadas que cometerem crimes dolosos contra civis, durante operações de Garantia da Lei e da Ordem (GLO), sejam julgados pela Justiça Militar.

Jurema Werneck destacou, porém, que a mobilização da sociedade foi capaz de barrar o andamento de algumas dessas propostas.

“É preciso dizer também que se houve coisa ruim, o Congresso foi capaz de ouvir a mobilização, por exemplo, no caso da PEC 181, de milhares de mulheres e pessoas, brasileiras e de fora do Brasil, que mandaram uma mensagem clara ao Congresso. A mensagem final é essa, a mobilização faz um freio”.

A proposta trata da ampliação da licença-maternidade para mulheres que tivessem filho prematuro. No entanto, na ocasião, deputados ligados à bancada conservadora fizeram um acréscimo para que na Constituição Federal fosse definido que o direito à vida começa desde a concepção, o que, segundo organizações e especialistas, proibiria qualquer tipo de aborto no país, inclusive os previstos em lei. O texto ainda tramita no Congresso e não chegou a ser votado.

Aniversário do Moto Táxi Confiança em João Câmara/RN.


Pesquisa mostra que quase 70% dos brasileiros não têm plano de saúde particular

Pesquisa feita pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) mostra que 69,7% dos brasileiros não possuem plano de saúde particular – seja individual ou empresarial. Segundo o levantamento, divulgado nessa quarta-feira (21), esse percentual é ainda maior entre as pessoas das classes C, D e E, atingindo 77%.

A pesquisa destaca que 44,8% dos entrevistados sem plano de saúde disseram utilizar o Sistema Único de Saúde (SUS) principalmente os entrevistados das classes C, D e E (51,4%) quando precisam de atendimento. O restante afirmou que arca com dinheiro do próprio bolso para pagar pelos serviços necessários.

Segundo o levantamento, 38,5% dos entrevistados sem plano de saúde não souberam precisar com que frequência utilizam a rede pública de saúde. Eles manifestaram insatisfação em relação ao SUS, sobretudo quanto à demora no tempo de atendimento.

Entre os entrevistados que possuem um plano de saúde privado, o preço acessível foi o fator de decisão mais citado para definição do convênio (42,5%), seguido pela qualidade da rede credenciada (33,3%) e pela recomendação de outras pessoas (22,3%).

Segundo a pesquisa, R$ 439,54 é o valor mensal médio que o brasileiro paga pelo plano de saúde. Dos que têm convênio privado, 42,2% disseram pagar do próprio bolso na situação de o plano de saúde não cobrir totalmente ou parcialmente as despesas necessárias. O levantamento mostra ainda que 97,1% dos beneficiários de planos de saúde estão com o pagamento das mensalidades em dia; e 69,1% dizem serem bem ou muito bem atendidos pelos seus planos de saúde particular.

“Os dados mostram que o plano de saúde é considerado uma prioridade para grande parte de seus usuários. É um serviço de primeira necessidade, relacionado aos cuidados de um bem maior, que é a vida. É tanto que a taxa de inadimplência declarada é baixíssima”, afirma Marcela Kawauti, economista-chefe do SPC Brasil.

A pesquisa foi feita com consumidores das 27 capitais brasileiras, homens e mulheres, com idade igual ou maior a 18 anos, de todas as classes econômicas. Foram feitas 1,5 mil entrevistas, de 15 a 26 de setembro de de 2017, com uma margem de erro de 2,5 pontos percentuais.

Trio preso com 150 quilos de drogas no RN é liberado em audiência de custódia após 'flagrante ilegal'

Dois homens e uma mulher que foram presos na terça-feira (20) com mais de 150 quilos de drogas foram liberados na audiência de custódia realizada em Natal/RN nesta quarta (21). Segundo a assessoria de imprensa do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte, o motivo alegado pelo juiz que decidiu pela soltura foi que, durante o registro flagrante, o delegado que recebeu os suspeitos negou aos advogados deles direitos de manifestação após a prisão. 

A ação da polícia, ainda segundo a assessoria de imprensa do TJ, teria tornado ilegal o flagrante. O Ministério Público pediu a ilegalidade, que foi concedida pelo juiz durante a audiência de custódia. Como o flagrante foi considerado ilegal, os três tiveram a prisão relaxada, ou seja, foram liberados.

O delegado Natanion Freitas, responsável pela autuação, disse que que não negou qualquer direito aos advogados. Segundo ele, o que aconteceu foi que os representantes dos suspeitos tentaram interrogar testemunhas do caso na delegacia, e o delegado os impediu. "E registrei isso no flagrante. O inquérito policial é inquisitório, não cabe nele a ampla defesa e o contraditório", argumenta Freitas.

Ainda segundo o delegado, os advogados acompanharam os depoimentos e os suspeitos, quando interrogados, não quiseram se manifestar. "Eu usei doutrinadores, como Guilherme de Souza Nucci (jurista), e também o Código de Processo Penal para explicar o motivo pelo qual eles não podiam interrogar as testemunhas. Apesar de a lei 13.245/16 ter mudado o artigo 7º do Estatuto da OAB, não cabe essa interpretação", acrescenta.

Natanion Freitas disse ainda que lamenta o entendimento do Judiciário que resultou no relaxamento das prisões. "Lamento profundamente. É um desestímulo à atuação das polícias".

A assessoria do TJ informou que o processo sobre a apreensão de drogas será encaminhado a uma das varas da Justiça, e o magistrado que recebê-lo poderá decidir ou não pela prisão dos suspeitos. Caso decida por prendê-los, será expedido um mandado de prisão e os três terão que ser localizados pela polícia para serem detidos.

Trabalhadores nascidos em março e abril podem sacar abono salarial

Começa hoje (22) o pagamento do abono salarial do PIS (Programa de Integração Social) do calendário 2017/2018, ano-base 2016, para os trabalhadores nascidos nos meses de março e abril. Segundo a Caixa Econômica Federal, os valores variam de R$ 80 a R$ 954 conforme o tempo de trabalho em 2016. Os titulares de conta individual na Caixa com saldo acima de R$ 1 e movimentação receberam o crédito automático na última terça-feira (20).

Os pagamentos são feitos conforme o mês de nascimento do trabalhador e tiveram início em julho, com os nascidos naquele mês. Os recursos de todos os beneficiários ficam disponíveis até 29 de junho de 2018. Os últimos a sacar serão os nascidos em maio e junho, a partir de 15 de março.

São liberados R$ 15,7 bilhões para 22,1 milhões de beneficiários em todo o calendário. Para os nascidos em março e abril, estão disponíveis R$ 2,664 bilhões para mais de 3,745 milhões de trabalhadores. O valor do benefício pode ser consultado no Aplicativo Caixa Trabalhador, no site do banco ou pelo Atendimento CAIXA ao Cidadão: 0800 726 0207.

A Caixa lembra que tem direito ao benefício o trabalhador inscrito no Programa de Integração Social (PIS) ou no Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) há pelo menos cinco anos e que tenha trabalhado formalmente por pelo menos 30 dias em 2016, com remuneração mensal média de até dois salários mínimos. Também é necessário que os dados estejam corretamente informados pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS), ano-base 2016.

Quem tem o Cartão do Cidadão e senha cadastrada pode se dirigir a uma casa lotérica, a um ponto de atendimento Caixa Aqui ou aos terminais de autoatendimento da instituição. Caso não tenha o Cartão do Cidadão e não tenha recebido automaticamente em conta da Caixa, o valor pode ser retirado em qualquer agência do banco público, apresentando o documento de identificação. O trabalhador vinculado a empresa pública com inscrição no Pasep (Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público) recebe o pagamento pelo Banco do Brasil.

Homem é preso vendendo falso diploma de ensino médio em Natal/RN

Um homem foi preso em flagrante vendendo um diploma de ensino médio falso, junto com um histórico escolar também falso, na Zona Norte de Natal. Eduardo da Silva Cavalcante, de 24 anos, foi preso pela Polícia Civil na manhã desta quarta-feira (21), em uma ação conjunta entre Delegacia Especializada em Assistência ao Turista (Deatur) e Delegacia Especializada em Proteção ao Meio Ambiente (Deprema).

O suspeito foi preso após ter recebido o valor de R$ 250, referente à venda do diploma de ensino médio, que teria sido expedido por uma escola pública estadual localizada no bairro Nossa Senhora da Apresentação, Zona Norte da capital. Segundo a polícia, ele tinha acabado de vender o diploma, em um estacionamento de um shopping, também na Zona Norte, quando foi preso pelos policiais civis.

Os agentes apreenderam com o Eduardo Cavalcante um falso diploma do curso de graduação em Pedagogia, que teria sido expedido por uma faculdade particular que existe em Natal. De acordo com o homem que comprou o diploma de ensino médio, o suspeito oferecia os serviços em um site de vendas online, e toda a negociação foi feita usando aplicativos de conversas instantâneas.

Egito fecha passagem da fronteira com Gaza por causa de ameaça terrorista

O Egito fechou nesta quinta-feira (22), de forma surpreendente, a passagem da fronteira de Rafah, na fronteira com o enclave palestino de Gaza, um dia depois de ter sido reaberta, por uma ameaça terrorista, informou a embaixada palestina na Liga Árabe.

As forças de segurança egípcias detectaram que grupos terroristas que atuam na península do Sinai (nordeste) planejavam colocar explosivos em ônibus dos palestinos, na estrada que une a passagem da fronteira com o canal de Suez ou na entrada do Cairo, segundo comunicado da embaixada palestina.

A embaixada anunciou que formará um gabinete de crise para avaliar a segurança dos seus cidadãos, ao mesmo tempo em que abrirá três linhas telefônicas para atender aos palestinos que tenham ficado presos no Egito.

As autoridades egípcias voltarão a abrir a passagem da fronteira depois de deter ou matar os terroristas, completou a fonte.

Atualmente, o Egito faz uma ofensiva no norte do Sinai contra os terroristas que atuam na região, especialmente a filial do grupo jihadista Estado Islâmico, que tem forte presença entre a fronteira com Gaza e a cidade de Al Arish, capital da província do Sinai do Norte.

Durante a operação de segurança, lançada no último dia 9, morreram 71 suspeitos de terrorismo e três soldados, e cerca de 1,8 mil pessoas foram presas, segundo as informações divulgadas pelo Exército.

O Egito e as autoridades palestinas em Gaza anunciaram ontem, de surpresa, a abertura da passagem de Rafah durante quatro dias, para permitir o trânsito de doentes, estudantes e pessoas com dupla nacionalidade, assim como a entrada em Gaza de residentes palestinos presos no lado egípcio.
 
A abertura de Rafah é fundamental para os 2 milhões de habitantes de Gaza, já que é o único acesso que não passa por Israel, que mantém ferrenho bloqueio ao território desde que o grupo islamita Hamas tomou o poder, em 2007, limitando a saída e entrada de pessoas e bens.