sexta-feira, junho 30, 2017

Projeto do MEC vai conectar 16 milhões no Nordeste.

O Ministério da Educação (MEC) lançou nesta sexta-feira, 30, no Porto Digital, em Recife, o Programa Nordeste Conectado, que irá interligar, em alta velocidade, instituições federais de educação e pesquisa à Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP) nas capitais e no interior do Nordeste. O programa vai possibilitar, também, que instituições de educação superior e estadual de pesquisa se interliguem à infraestrutura de internet em alta capacidade. “É um passo muito importante, que avança de forma célere para que a gente possa ter consagrada a oportunidade de ampliação e melhoria da educação e da pesquisa na nossa região”, celebrou o ministro da Educação, Mendonça Filho.

O programa pode atingir, ainda, 12,6 mil escolas públicas e beneficiar uma população de mais de 16,3 milhões de pessoas, distribuídas pelos nove estados da região. Com o Nordeste Conectado, essas instituições terão acesso a uma rede com possibilidade de alcançar uma velocidade de 100 Gbps.

O ministro destaca que a parceria vai beneficiar 39 campi de instituições federais. “Em um tempo em que a internet e a tecnologia contribuem ainda mais com o avanço da ciência, seja por meio de pesquisas ou trocas de conhecimento, vamos conectar, em alta velocidade, as principais universidades, institutos, centros de pesquisas e parques tecnológicos à RNP do Nordeste”. Desses 39 campi, três terão, pela primeira vez, acesso à internet de alta velocidade com qualidade.

Para implantar a Fase 1 do Nordeste Conectado, prevista para operar a partir do mês de dezembro, o MEC vai investir R$ 25 milhões em 2017. Nessa primeira etapa, haverá um aumento da capacidade do backbone (rede de alto desempenho) da Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP) para 100 Gbps no Nordeste, beneficiando 23 campi de institutos e universidades federais no interior com velocidade a partir de 1 Gbps, ou seja, 59% do público-alvo do programa. Com a operação, o backbone da RPN vai passar por mais de 70 cidades, cuja população gira em torno de 16 milhões de pessoas. Quando estiver em andamento, no ano de 2018, a previsão é que a RNP venha a gerar uma economia anual de R$ 3,7 milhões no atendimento a essas instituições, no custeio de conexões com velocidades limitadas (de até 100 Mbps) e conexões por satélite no interior (de até 10 Mbps).

O diretor-geral da RNP, Nelson Simões, comemorou a iniciativa. “O Programa Nordeste Conectado é uma ação extremamente importante para suportar a ampliação da infraestrutura que atenderá as universidades, institutos federais, hospitais e a comunidade acadêmica em geral nos próximos 20 anos”, disse. “Essa parceria permitirá alcançar o interior do Nordeste em alta velocidade, interligando as principais instituições de conhecimento”.

Mais de 440 mil deslocados internos sírios já voltaram para casa, diz a ONU.

O Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (Acnur), calcula que mais de 440 mil deslocados internos na Síria voltaram para suas casas nos primeiros seis meses desse ano. Além disso, o Acnur registrou o regresso de mais de 31 mil refugiados sírios que estavam em países vizinhos durante o mesmo período. A informada é da ONU News.

Apesar de ter aumentado as operações de resposta para ajudar os sírios que estão voltando, o Acnur afirma que não pode promover ou facilitar o retorno dessas pessoas dada a situação de insegurança e humanitária ainda reinante no país.

Em Genebra, o porta-voz do comissariado, Andrej Mahecic, declarou que entre os principais fatores que motivam a volta dos deslocados e refugiados estão a busca de parentes e a avaliação de como está a propriedade, casa ou apartamento em que moravam. Ele disse contudo que, em alguns casos, o regresso aconteceu pela melhora das condições de segurança em algumas partes da Síria.

Segundo Mahecic, apesar do aumento da esperança por causa das recentes conversações de paz em Astana e Genebra, o Acnur acredita que a volta dos refugiados em condições apropriadas de segurança e dignidade ainda não é possível.

Por outro lado, o Acnur vem enfrentando dificuldades financeiras para cumprir sua missão, já que do pedido de US$ 304 milhões para cobrir as operações de ajuda aos deslocados internos na Síria este ano, a agência recebeu somente um terço.

O Alto Comissariado para os Refugiados busca um adicional de US$ 150 milhões até dezembro para aumentar a assistência a deslocados, às pessoas que retornaram às suas casas e a grupos considerados vulneráveis.

O conflito na Síria, que já dura mais de seis anos, causou a morte de centenas de milhares de pessoas, deslocou 6,3 milhões de sírios dentro do país e forçou a fuga de 5,1 milhões para outras nações. Aproximadamente 13,5 milhões de sírios precisam de ajuda humanitária, incluindo 4,5 milhões que estão em áreas de difícil acesso ou sitiadas.

Solução sustentável e econômica, aluguel de malas chega a Natal/RN.

Guardar malas em casa é muito chato. É um produto caro, usado vez ou outra e que na maior parte do tempo fica inutilizado, só ocupando espaço e acumulando poeira. Então por que não alugar uma mala ideal para cada viagem, apenas pelo período em que você vai de fato usá-la? Essa opção já é possível em Natal e tem ganhado cada vez mais adeptos.

A GetMalas, primeira plataforma online de aluguel de malas de viagem do País, já oferece esse serviço em 14 cidades. O cliente recebe em casa malas de alta qualidade, no tamanho ideal para a viagem, com uma economia média de 85% em relação à compra e com a garantia de preocupação zero em casos de danos, rachaduras e avarias com o item alugado. Basta acessar o site getmalas.com.br, escolher a mala, fazer a reserva e pagar com cartão de crédito, boleto ou em dinheiro na retirada. Na volta da viagem, a empresa busca a mala na casa do cliente ou ele devolve no mesmo local onde retirou. “Se acontecer algum problema com a mala alugada (como danos e rachaduras), a GetMalas resolve diretamente com a empresa que transportou a bagagem, sem cobrança de multas ou taxas adicionais”, explica João Alves Neto, responsável pela franquia da empresa em Natal.

“O custo benefício é muito melhor. Com o aluguel, eu posso viajar com malas novas e modernas sem a necessidade de ter espaço em casa para guardá-las”, conta o consultor Alberto Kis, que viaja entre duas e três vezes ao ano e usa o serviço desde 2015.

A ideia surgiu em junho de 2013 quando Tiago Botelho, fundador e CEO, precisou se desfazer de uma mala porque não tinha espaço em casa para guardá-la. “Eu me questionei se faria sentido alugar produtos que as pessoas usam poucas vezes, enxerguei uma oportunidade de negócio e comecei a pesquisar e esboçar o projeto”, conta Tiago. Hoje, a GetMalas tem escritórios em Belo Horizonte e São Paulo, 17 franquias pelo País e planos de chegar a 50 no próximo ano.

O aluguel de uma mala média custa em torno de R$ 87 para o período de dez dias. Para comprá-la, o cliente não gastaria menos que R$ 799. A relação de cidades atendidas e os modelos dos produtos estão disponível estão no site getmalas.com.br. Via PnoAR.

Manifestantes fazem ato São Paulo e no Rio contra reformas.

Manifestantes fazem atos de protesto no Rio de Janeiro e em São Paulo contra as reformas propostas pelo governo federal. A mobilização faz parte da greve geral convocada hoje (30) pelas centrais sindicais e movimentos sociais. O governo federal defende que as reformas da Previdência e trabalhista são necessárias para a implantação do ajuste fiscal das contas públicas, a retomada do emprego e do crescimento da economia.

Rio de Janeiro
A concentração começou às 17h, na Igreja da Candelária, e às 18h40 os manifestantes tomaram a Avenida Rio Branco, e se dirigiram pela Avenida Presidente Vargas até a Central do Brasil. Pouco depois das 20h, quando a manifestação já havia chegado em frente à Central do Brasil, um grupo demnaifestantes iniciou uma briga com um homem que seria um policial infiltrado. Com a confusão, a Polícia Militar agiu e dispersou os manifestantes ao longo da Avenidade Presidente Vargas. Alguns manifestantes quebraram pontos de ônibus e jogaram bombas e pedras contra os policiais.
 
Entre os participantes da manifestação, estão sindicalistas, estudantes, professores e  trabalhadores de outras categorias. "Estamos aqui protestando contra o sucateamento da Uerj [Universidade Estadual do Rio de Janeiro]. E também contra a reforma da Previdência. Se ela passar como está, em vez de me aposentar daqui a quatro anos, só me aposento em dez anos", disse a professora de história da universidade, Ana Santiago, mais cedo, antes do início da confusão.

Já o ambientalista Sérgio Ricardo defende que o atual governo, de Michel Temer, quanto o anterior, de Dilma Rousseff, não priorizaram a criação de reservas naturais e a proteção aos povos indígenas e ribeirinhos. "Nós sofremos um retrocesso ambiental. E com a reforma da Previdência, quem mais vai sofrer são os pescadores e os pequenos agricultores, que não vão conseguir se aposentar ", argumenta Sérgio Ricardo.

Na manifestação, participantes mascarados ou portando mochilas estão sendo revistados por policiais militares. Foram colocadas chapas de compensado nas fachadas das agências bancárias ao longo da Rio Branco para evitar depredações. 

São Paulo
Na capital paulista, os manifestantes fizeram ato na Avenida Paulista. A marcha saiu da Praça da República e deve seguir até a prefeitura. A Polícia Militar não estimou o número de participantes.

Pela manhã, ocorreram atos isolados com bloqueios de vias e de rodovias em vários pontos, sem afetar o trânsito da cidade. O transporte público, ônibus e metrô, funcionou normalmente, pois as categorias de trabalhadores do setor não aderiram à greve geral. 

No final da manhã, a Força Sindical, uma das centrais que convocou a paralisação, promoveu um ato, em frente à sede regional da Superintendência do Ministério do Trabalho. Já a Central Única dos Trabalhadores (CUT), outra organizadora da greve, fez uma mobilização em frente ao Museu de Arte Moderna (Masp), na Avenida Paulista. No ato, o presidente nacional da CUT, Vagner Freitas, disse que a paralisação mostrou a força dos trabalhadores e chamou os militantes a acompanhar a tramitação da reforma trabalhista no Senado, que foi votada ontem (29) na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ).

Mega Sena pode pagar R$ 8 milhões neste sábado.

Neste sábado (1°), a Mega-Sena sorteia prêmio de R$ 8 milhões, do concurso 1.944. O Caminhão da Sorte está estacionado em Cachoeira (BA), onde será realizado o sorteio.

O ganhador que acertar sozinho os seis números da modalidade pode aplicar o prêmio na Poupança da CAIXA e garantir um rendimento de aproximadamente R$ 46 mil mensais. Se preferir, o apostador também pode investir em bens e montar uma frota de 40 carros esportivos de luxo ou adquirir 5 casas de R$ 1,5 milhão cada.

A aposta mínima na Mega-Sena é de R$ 3,50 e pode ser feita em qualquer lotérica do país. Clientes com acesso ao Internet Banking CAIXA podem fazer suas apostas pelo computador pessoal, tablet ou smartphone. Basta ter conta corrente na CAIXA e ser maior de 18 anos. O serviço funciona das 8h às 22h (horário de Brasília), exceto em dias de sorteio, quando as apostas se encerram às 19h, retornando às 21h para o concurso seguinte.

Justiça determina que Roger Abdelmassih volte à prisão após recurso do MP.

O Tribunal de Justiça acolheu nesta sexta-feira (30) o pedido do Ministério Público e determinou que o ex-médico Roger Abdelmassih, de 74 anos, volte para prisão. Ele cumpre pena em regime domiciliar há uma semana, monitorado por tornozeleira eletrônica.

Com a decisão, o detento condenado a 181 anos de prisão por 48 estupros de 37 pacientes, deve retornar à penitenciária de Tremembé (SP). Ele sofre de problemas cardíaco e pulmonar.

A prisão domiciliar a Abdelmassih foi concedida na última quarta (21) depois da Justiça negar o indulto humintário - que é o perdão da pena. O benefício é concedido apenas à presos com problemas graves e permanentes de saúde.

No entanto, o MP contestou a decisão da Justiça. O promotor Luiz Marcelo Negrini afirma que o ex-médico não "cumpriu pena suficiente para qualquer espécies de progressão de regime", diz trecho do recurso.

A promotoria afirma também que um laudo médico realizado por um perito nomeado pela Justiça não demonstrou que ele precisava deixar o presídio para receber o atendimento médico que precisa.

Para Negrini, a decisão desta sexta reestabelece a justiça."O tribunal reestabeleceu a justiça com a decisão que proferiu. Espero que essa determinação seja cumprida imediatamente", disse.

O advogado que defende Abdelmassih, José Luís Oliveira Lima, foi procurado pela reportagem, mas não atendeu, nem retornou as ligações. Via G1.

Petrobras reduz preço da gasolina nas refinarias em 5,9% e do diesel em 4,8%.

A Petrobras reduziu o preço médio nas refinarias em 5,9% para a gasolina e em 4,8% para o diesel. A decisão acompanha a política de preços da companhia e ocorreu após avaliação do Grupo Executivo de Mercado e Preços (Gemp). Os novos valores começam a ser aplicados a partir de meia-noite de hoje (30).

A Petrobras destacou que a lei brasileira garante liberdade de preços no mercado de combustíveis e derivados, por isso, os ajustes feitos nas refinarias podem ou não se refletir no preço final ao consumidor. “Isso depende de repasses feitos por outros integrantes da cadeia de combustíveis, especialmente distribuidoras e postos revendedores", informou a estatal em nota.

Pelos cálculos da empresa, se o ajuste anunciado hoje for integralmente repassado e não houver alterações nas demais parcelas que compõem o preço ao consumidor final, o diesel poderá cair 2,7%, ou cerca de R$ 0,08 por litro, em média, e a gasolina, 2,4% ou R$ 0,09 por litro, em média.

Mulher é presa após engravidar de menino de 11 anos.

Marissa Ashley Mowry, de 25 anos, foi presa Hillsborough (Flórida, EUA) nesta semana sob a acusação de ter engravidado de um menino de 11 anos.

O relacionamento sexual começou em janeiro de 2014. Em outubro daquele ano, o bebê de Marissa nasceu, contou o "Metro".
A americana teria conhecido o menino quando ela trabalhava no parque Busch Gardens, em Tampa (Flórida, EUA).

De acordo com a polícia, o casal manteve relações sexuais nos últimos três anos. O filho do casal foi entregue à custódia de outra família, por determinação da Justiça. Via G1.

Brasil fecha preparação para o Grand Prix com vitória em amistoso sobre a Polônia.

Agora é para valer! Nesta quinta-feira (29), a seleção brasileira feminina de vôlei encerrou a sua preparação para o Grand Prix, a principal competição oficial na temporada de 2017, com mais uma vitória na série de amistosos contra a Polônia. Foram 3 sets a 0 – com parciais de 25/21, 25/11 e 25/23 -, em duelo realizado no ginásio do Ibirapuera, em São Paulo. Na última terça, as comandadas do técnico José Roberto Guimarães haviam vencido pelo mesmo placar, em Belo Horizonte.

Antes dos triunfos contra as polonesas, a temporada da seleção brasileira começou com duas vitórias em amistosos na região Norte – em Manaus e em Belém – sobre a República Dominicana e depois veio o título do Torneio de Montreux, na Suíça.

A primeira etapa do Grand Prix será disputada de 7 a 9 de julho, em Ancara, na Turquia, e o Brasil terá como adversários a Bélgica, a Sérvia e a Turquia. A estreia das brasileiras será contra as belgas, no dia 7, às 13h30 (de Brasília).

Nesta quinta-feira, a Polônia fez um primeiro e terceiro sets equilibrados, mas não conseguiu superar o Brasil. Na última parcial, a seleção brasileira quase se complicou. Vencia por 23 a 16 e estava perto de fechar a partida. Mas permitiu a reação polonesa, que chegou a diminuir o placar para 24 a 23. Aí um ataque de Natália, explorando o bloqueio, foi o suficiente para definir a vitória.

“Sabemos da qualidade do time delas e que precisaríamos pressionar o tempo inteiro. Demos um pouco mole e depois pressionamos. Os testes valem para isso, estamos em um momento de conhecer o nosso time e todo o jogo é válido para isso”, disse a ponteira Rosamaria, logo após o jogo, em entrevista ao canal SporTV.

A equipe para os amistosos contra a Polônia foi composta pelas levantadoras Roberta, Naiane e Macris; as opostas Tandara, Monique, Fernanda Tomé e Edinara; as ponteiras Natália, Rosamaria, Drussyla e Amanda; as centrais Carol, Adenízia, Bia e Mara; e as líberos Suelen e Gabi.

Contas públicas voltam a apresentar resultado negativo em maio.

As contas públicas voltaram a ficar negativas em maio, depois de fecharem com superávit em abril. No mês passado, União, estados e municípios apresentaram déficit primário de R$ 30,736 bilhões, segundo dados divulgados hoje (30) pelo Banco Central (BC).

O resultado primário é diferença entre receitas e despesas, sem considerar gastos com juros. Em abril deste ano, o resultado foi positivo em R$ 12,908 bilhões e em maio de 2016 houve déficit primário de R$ 18,125 bilhões.

Em maio deste ano, o Governo Central (Previdência, Banco Central e Tesouro Nacional) apresentou défict primário de R$ 32,106 bilhões. Os governos estaduais apresentaram superávit de R$ 658 milhões e os municipais, resultado positivo de R$ 235 milhões.

As empresas estatais federais, estaduais e municipais, excluídas empresas dos grupos Petrobras e Eletrobras, registraram défict primário de R$ 475 milhões no mês passado.

De janeiro a maio, o setor público apresentou déficit primário de R$ 15,631 bilhões. No mesmo período de 2016, houve déficit primário de R$ 13,714 bilhões.

Os gastos com juros nominais ficaram em R$ 36,252 bilhões no mês passado, e em R$ 175,073 bilhões de janeiro a maio. O setor público teve déficit nominal - formado pelo resultado primário e os resultados de juros – de R$ 190,704 bilhões de janeiro a maio. Somente no mês passado, o déficit nominal foi de R$ 66,989 bilhões.

A dívida líquida do setor público - balanço entre o total de créditos e débitos dos governos federal, estaduais e municipais – somou R$ 3,075 trilhões em maio, resultado que corresponde a 48,1% do Produto Interno Bruto (PIB), a soma de todos os bens e serviços produzidos no país. Em relação a abril, houve uma expansão de 0,7 ponto percentual.

A dívida bruta – que contabiliza apenas os passivos dos governos federal, estaduais e municipais - chegou a R$ 4,633 trilhões em maio (72,5% do PIB), com aumento de 1,2 ponto percentual do PIB em relação ao mês anterior.

Parque da Cidade é destaque no perfil da Nasa no Twitter.

O Parque da Cidade Dom Nivaldo Monte foi destaque no perfil oficial da NASA, a agência espacial dos Estados Unidos, no Twitter. Em uma publicação realizada na rede social nesta quinta-feira (29), a NASA mostrou uma foto da torre do parque, destacando a missão Osiris-Rex, capitaneada pela agência espacial, que vai fazer uma nave espacial automática pousar em um asteroide e trazer uma amostra para a Terra, para estudos.

O administrador do Parque da Cidade, Carlos da Hora, ficou muito satisfeito com a divulgação da principal unidade ambiental do município no perfil da Nasa. Para ele, a capital potiguar e o Parque ganham muito em visibilidade: “Ficamos muito felizes com a postagem. Além do trabalho voltado ao meio-ambiente, o Parque da Cidade tem um viés educacional e científico”, destacou.

Da Hora lembrou que o Parque da Cidade vem organizando desde o inicio do ano o projeto “Astronomia no Parque”. No último sábado de cada mês, astrônomos e visitantes da unidade ambiental fazem a chamada “Trilha Solar”. Este passeio é coordenado pelos especialistas da área para observarem o comportamento dos planetas que compõe o sistema solar.

O projeto Astronomia no Parque foi concebido por José Roberto Costa, editor do site de divulgação científica “Astronomia no Zênite” e sua realização conta com o apoio do Parque da Cidade, The Planetary Society e Associação Norte Rio-grandense de Astronomia. Até setembro, as atividades acontecerão sempre no último sábado de cada mês:

“Essa é uma atividade muito importante. Estudantes e muitas natalenses estão visitando o parque para fazer a observação dos planetas em aulas extraclasse e isso é bem gratificante para nós que fazemos o Parque, pois estamos contribuindo com a ampliação do conhecimento das novas gerações”, apontou. Os passeios são gratuitos e abertos ao público em geral. Via PnoAR.

Trump pede ao mundo "resposta decidida ao brutal" regime norte-coreano.

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse hoje (30) que a "paciência estratégica" com a Coreia do Norte acabou e destacou a necessidade de uma "resposta decidida ao brutal regime norte-coreano", sem esclarecer o tipo de sanções a Pyongyang. A informação é da agência EFE.

"Estamos trabalhando de perto com a Coreia do Sul e o Japão em uma série de medidas diplomáticas, de segurança e econômicas para proteger nossos aliados e cidadãos dessa ameaça chamada Coreia do Norte", disse Trump à imprensa, após se reunir com o presidente sul-coreano, Moon Jae-in, na Casa Branca.

"Os Estados Unidos conclamam outros poderes regionais para se unir a nós na implementação das sanções (já existentes) e para exigir que a Coreia do Norte escolha um caminho diferente e faça isso rapidamente", disse Trump.

Ele insistiu que o "temerário e brutal regime" norte-coreano e seus programas nucleares e balísticos "merecem uma resposta decidida".
Esse regime "não tem consideração pela segurança do seu povo e de seus moradores e não tem respeito pela vida humana", disse Trump, ao tachar de "aberração" a morte de Otto Warmbier, um jovem americano libertado este mês pela Coreia do Norte em estado de coma, após 17 meses detido no país, e que morreu seis dias depois.

"A era de paciência estratégica com o regime norte-coreano  se esgotou", disse Trump, repetindo uma frase que já expressou várias vezes. "O nosso objetivo é a paz, estabilidade e prosperidade para a região, mas os Estados Unidos sempre se defenderão", alertou.

Por sua vez, Moon, um líder progressista que chegou ao poder em maio mostrando uma vontade de aproximação com o vizinho do norte, se mostrou firme com Pyongyang, ao considerar que a "ameaça nuclear e balística notre coreana é o maior desafio" para a Coreia do Sul e os EUA.

"As ameaças e provocações do Norte darão de frente com uma severa resposta" de Seul e Washington, advertiu Moon. Ele disse que acordou com Trump converter esse tema em uma "alta prioridade" e "coordenar de perto" suas respectivas respostas, mediante uma combinação de "sanções e diálogo em uma estratégia com várias fases".

"A Coreia do Norte não deveria, em nenhum momento, subestimar o firme compromisso da Coreia do Sul e dos Estados Unidos com isto", sublinhou. Moon também pediu a Pyongyang que "volte à mesa negociadora para a desnuclearização da península coreana", algo que deveria ser feito "sem concessões".

'Sempre acreditei na Justiça do meu país', diz Aécio sobre decisão do STF.

O senador Aécio Neves (PSDB-MFG) afirmou em nota divulgada nesta sexta-feira que recebeu com a 'absoluta serenidade' a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de determinar seu retorno ao Senado. O tucano ressaltou que "sempre acreditou na Justiça" e que irá seguir no mandato com "seriedade e determinação".

A determinação para que o senador tucano volte aos trabalhos no Senado foi do ministro Marco Aurélio Mello. Assim, ele poderá exercer novamente o mandato. Marco Aurélio também determinou a devolução do passaporte ao senador, o autorizou a se ausentar do Brasil e a manter contato com outros investigados. Por fim, rejeitou o pedido da Procuradoria-Geral da República (PGR) para prender Aécio.

Aécio estava afastado do cargo desde 18 de maio, em razão das delações premiadas de executivos do frigorífico JBS. Marco Aurélio é o relator dos processos do senador baseados nessas colaborações. Ao devolver Aécio ao cargo, o ministro argumentou que deve haver harmonia entre os poderes, e que o Judiciário não pode interferir no Legislativo.

Segundo ele, o afastamento é uma questão que deve ser resolvida dentro do próprio Senado. "O Judiciário não pode substituir-se ao Legislativo, muito menos em ato de força a conflitar com a harmonia e independência dos Poderes", escreveu o ministro. Via G1.

Mesmo com greve, contas que vencem hoje devem ser pagas.

A paralisação de hoje (30) afetaram o atendimento em agências bancárias. Mesmo com a paralisação, as contas devem ser pagas, alerta a associação de consumidores Proteste.

A associação lembra que se a conta que vence hoje não for paga, o consumidor terá problemas futuros, como cobrança de multa e juros.

“É possível utilizar os meios eletrônicos disponibilizado pela rede bancária, como terminais eletrônicos, aplicativos e home banking para que seja efetuado o pagamento da conta”, disse a Proteste.

Outra possibilidade, segundo a associação, é efetuar o pagamento em redes de supermercados e lotéricas que possuem convênio com determinados fornecedores.

“Caso o consumidor não disponha de meios eletrônicos que possibilitem efetuar as transações financeiras, então deverá entrar em contato com a empresa credora e verificar qual é a alternativa. A empresa tem obrigação de apresentar alternativas para que o consumidor possa efetuar o pagamento, mediante o recebimento em dinheiro, cheque, ou depósito em conta”, orientou a Proteste.

No caso de dúvidas ou problemas, a Proteste orienta a procurar órgãos de proteção ao consumidor, que podem acolher reclamação no caso de desrespeito aos direitos.

Justiça aceita denúncia do Ministério Público contra cartel nos trens de SP.

A Justiça aceitou ontem (29) denúncia do Ministério Público Estadual no caso da formação de cartel pela Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM). Seis procedimentos licitatórios em que o promotor de Justiça Marcelo Mendroni, do Grupo Especial de Delitos Econômicos (Gedec), verificou sobre preços em valores atualizados de R$ 500 milhões a R$ 600 milhões são os alvos da denúncia.

Segundo o MPSP, foram citados o ex-presidente da companhia, Mário Manuel Seabra Rodrigues Bandeira, três executivos da companhia e 11 empresários. “O promotor apontou formação de cartel com superfaturamentos em licitações para fornecimento, manutenção e reformas de equipamentos ferroviários”, diz o MP-SP por meio de nota.

O juiz Fábio Aguiar Munhoz Soares, da 17ª Vara Criminal do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, aceitou a denúncia “sem prejuízo de posterior exame após a vinda das respostas”. Os acusados têm prazo de dez dias para apresentar a defesa. De acordo com o despacho, a CPTM deve fornecer cópias dos contratos e comprovantes de pagamentos mencionados na denúncia.

UERN oferta curso a distância em Primeiros Socorros e Suporte Básico de Vida.

A Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) está ofertando, gratuitamente, o curso a distância em Primeiros Socorros e Suporte Básico de Vida. A capacitação é ministrada pelo professor Túlio Varela, da Faculdade de Educação Física (FAEF).

O curso é realizado em dias e horários flexíveis. O objetivo é capacitar as pessoas para prestar um primeiro atendimento a alguém acidentado ou em alguns quadros mais graves de doenças comuns, como a parada cardiorrespiratória.

As inscrições estão abertas. Os interessados devem encaminhar a solicitação de inscrição para o e-mail sbv.uern@gmail.com, com o assunto “Inscrição para o curso de Primeiros Socorros”. A coordenação do curso entrará em contato com todos os candidatos que enviarem e-mail, para solicitar alguns dados dos participantes para finalizar a inscrição.

De acordo com o professor Túlio Varela, aqueles que desejam receber certificado devem comunicar no ato da inscrição. Para os certificados de 30h e 60h, o participante deverá pagar uma taxa de R$30,00 e R$ 50,00, respectivamente. “As taxas são apenas para a emissão dos certificados. Quem não quiser os certificados, não precisa pagar nada”, esclarece. O professor observa ainda que para o certificado de 60h, o curso exige que o participante assista aulas presenciais. Os certificados são digitais e serão enviados para o e-mail do participante.

Bandeira tarifária nas contas de energia de julho será amarela.

A bandeira tarifária que será aplicada nas contas de energia em julho será amarela, o que significa um acréscimo de R$ 2 a cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumidos. Segundo a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), o fator que determinou o acionamento da bandeira amarela foi o aumento do custo de geração de energia elétrica.

O sistema de bandeiras tarifárias foi criado em 2015 como forma de recompor os gastos extras com a utilização de energia de usinas termelétricas, que é mais cara do que a de hidrelétricas. A cor da bandeira é impressa na conta de luz (vermelha, amarela ou verde) e indica o custo da energia em função das condições de geração.

Quando chove menos, por exemplo, os reservatórios das hidrelétricas ficam mais vazios e é preciso acionar mais termelétricas para garantir o suprimento de energia no país. Nesse caso, a bandeira fica amarela ou vermelha, de acordo com o custo de operação das termelétricas acionadas.

Neste ano, as contas de luz já tiveram bandeira vermelha, nos meses de abril e maio, e em junho a bandeira ficou verde. A Aneel já disse que deverá revisar no ano que vem a metodologia que define o acionamento das bandeiras tarifárias, para evitar mudanças bruscas de um mês para o outro.

Segundo a Aneel, o sistema de bandeiras tarifárias sinaliza o custo real da energia gerada, possibilitando aos consumidores o uso consciente da energia elétrica.

Novo golpe no Whatsapp engana brasileiros com promessa de emprego em supermercado.

Criminosos estão aproveitando as dificuldades econômicas dos brasileiros para sequestrar dados em um novo golpe no WhatsApp. Um falso processo seletivo na rede de supermercados Carrefour, com salários de até R$1.852, está sendo disseminado por meio do aplicativo.

As informações foram divulgadas pela empresa de segurança mobile PSafe, que afirma que mais de 200 mil pessoas já compartilharam a falsa promessa em apenas 24 horas. O gerente de segurança da PSafe, Emilio Simoni comenta que o golpe se espalha com velocidade.

— O número de acessos desse golpe não para de crescer, com média de 10 mil cliques por hora, devido à rápida disseminação via WhatsApp.

Ainda de acordo com o especialista, o golpe consiste em receber um link pelo aplicativo de mensagens instantâneas, alertando que a rede de supermercados está contratando profissionais com urgência, sem necessidade de ter experiência e para início imediato.

Ao acessar o endereço para checar as vagas disponíveis, é solicitado que o usuário responda a três perguntas para poder se candidatar (“Você conhece ou frequenta o Carrefour da sua cidade?”, “Você tem carteira de trabalho e realmente está interessado nessa vaga?” e “É maior de 18 anos?”).

Independentemente das respostas fornecidas, a vítima é encaminhada para uma nova página na qual alega que, para poder agendar a suposta entrevista de emprego, ela deve compartilhar a oportunidade com 15 amigos via WhatsApp, para que possam “preencher o mais rápido possível as vagas”. Dessa maneira, o golpe é disseminado, atingindo um maior número de pessoas, explica Simoni.

Após o compartilhamento com os contatos, o usuário é encaminhado para se cadastrar em serviços de SMS pago – que efetuam cobranças indevidas – ou baixar apps falsos, que podem infectar o smartphone e deixá-lo vulnerável a outros tipos de crimes ou prejuízo financeiro, segundo a PSafe.

O ataque ainda conta com comentários de falsos usuários alegando que conseguiram a vaga de emprego, com o intuito de validar o golpe, como, por exemplo, “ Estou contratada, graças a Deus”, “ Gente, vou começar a trabalhar amanhã” e, até mesmo, “Juro que pensei que era mentira, mas não é”.

Para não se tornar uma vítima de hackers, a dica é sempre consultar as páginas oficiais de empresas para se certificar de que se trata de uma oportunidade verídica.

— Os cibercriminosos tendem a desenvolver golpes que, supostamente, atenderiam às necessidades de uma grande parcela da população e ainda utilizam o nome de marcas reconhecidas para trazer credibilidade. É preciso que as pessoas fiquem atentas a qualquer tipo de promoções exageradas que chegam por mensagens, checando sempre se a promoção é real ao entrar em contato diretamente com a empresa.
 
A companhia de segurança ainda orienta que, caso o usuário tenha caído no golpe, entre em contato com a operadora do seu celular para cancelar o serviço de SMS pago.

Prefeitura de Taipu/RN abre processo seletivo com 168 vagas.

A Prefeitura de Taipu – município que fica a 50 km de Natal, divulga o edital de Processo Seletivo Simplificado para selecionar pessoal para o exercício temporário de funções na administração pública, em virtude da necessidade de excepcional interesse público. Ao todo, são 168 vagas disponíveis e os salários variam de R$ 937,00 a R$ 6 mil; a carga semanal de trabalho pode ser de 20 a 40 horas.

Dos cargos
As oportunidades são para os níveis Fundamental (60), Médio/Técnico (47) e Superior (61), além de possuir cadastro reserva várias áreas.

Para o nível fundamental, as vagas são de: ASG, Vigia, Merendeiro, Mestre de Obras, Encanador Hidráulico, Eletricista, Servente de Obras, Pedreiro, Motorista, Tratorista, Coveiro, Mecânico, Operador de Pá Carregadeira, Operador de Motoniveladora e Operador de Máquina Retroescavadeira.

Já rara o nível médio/técnico há oportunidades para Técnico de Enfermagem, Auxiliar de Sala de Aula, Auxiliar Administrativo, Analista de Pesquisa de Mercado, Técnico em Edificações, Agente de Saúde, Agente de Endemias, Recepcionista, Orientador Social, Entrevistador – Criança Feliz, Digitador, Técnico de Informática, Técnico em Controle de Sistemas, Auxiliar de Farmácia, Técnico de Laboratório, Fiscal de Vigilância Sanitária, Eletricista de Automóvel, Auxiliar de Fiscal de Tributos e ACD.

Para o nível superior, vagas são para Médico ESF, Médico Plantonista, Médico Especialista, Enfermeiro ESF, Enfermeiro Plantonista, Bioquimico, Odontólogo, Nutricionista, Professor Ensino Fundamental 01, Professor Ensino Fundamental 02, Assistente Social, Psicólogo, Médico Veterinário, Farmacêutico, Assistente Social – Nasf, Educador Físico – Nasg, Enfermeiro – Nasf, Farmacêutico – Nasf, Fisioterapeuta – Nasf, Fonoaudiólogo – Nasf, Médico – Nasf, Psicólogo – Nasf, Nutricionista – Nasf, Coordenador Acessuas, Coordenador do Cras, Supervisor – Criança Feliz.

Inscrições
As inscrições serão realizadas nos dias 05 e 06 de julho de 2017, das 08h às 16h, na QUADRA POLIESPORTIVA ANTONIO SOARES DA ROCHA, situada na Rua Antonio Gomes da Costa, z/n, Centro, CEP: 59.565-000, Taipu/RN.
 
O Prazo de validade do Processo Seletivo Simplificado será de 12 (doze) meses, contados da data de sua homologação, podendo ser prorrogado uma única vez, por igual período, a critério da Administração.

O presente Processo Seletivo Simplificado será realizado em 02 (duas) ETAPAS:
 
A 1ª (primeira) ETAPA consistirá em análise de currículo e experiência profissional, de caráter eliminatório e classificatório, para todos os níveis;
 
A 2ª (segunda) ETAPA consistirá na realização de Entrevista Individual, de caráter classificatório, em que será avaliada a adequação do candidato ao cargo pleiteado no momento atual, para todos os níveis.
 
Para mais informações, confira o edital Aqui:

RN chega a marca de 1.200 homicídios.

O número de assassinatos no Estado do Rio Grande do Norte chegou a marca de 1200 casos nos primeiros 180 dias do ano de 2017. A diferença desse mesmo registro em relação ao mesmo período do ano passado é de 22,8%. Os dados são do OBVIO (Observatório da Violência Letal Intencional no RN).

Segundo as pesquisas apresentadas na manhã desta sexta-feira (30), A cidade de Natal se destaca mais uma vez como palco da maioria das mortes violentas com 307 homicídios em seis meses, já em 2016 foram 297. Bairros como Nossa Senhora da Apresentação, Planalto e Mãe Luiza lideram o ranking.

Ainda de acordo com os dados do OBVIO as cidades de Mossoró, Parnamirim e São Gonçalo do Amarante somam juntas 258 crimes letais intencionais, porém os registros destacam o município de Ceará-Mirim que termina o primeiro semestre com um índice de violência nunca visto na região com 79 casos contra 45 no ano passado.
 
Em conversa com o PortalBO a secretária de Segurança Pública, Sheila Freitas disse que anunciará na semana que vem uma redução de assassinatos em boa parte dos municípios do Estado no mês de junho. “Sabemos que os números são preocupantes, mas nossa política de segurança vem apresentando resultados positivos, não pode ser do dia para a noite, mas estamos trabalhando muito”, informou.

Maternidade Januário Cicco entre as melhores do Brasil segundo ANVISA.

A Maternidade Escola Januário Cicco da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (MEJC-UFRN), filial da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), está entre as melhores do Brasil em termos de adesão às práticas de segurança do paciente, de acordo com a lista publicada recentemente pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

O levantamento faz parte do primeiro ciclo de autoavaliação das Práticas de Segurança do Paciente em Serviços de Saúde, realizado em 2016, contemplou os hospitais de todo o Brasil que possuem UTI adulto. O objetivo promover a cultura da segurança no ambiente institucional, enfatizando a gestão de riscos, o aprimoramento da qualidade e a aplicação das boas práticas, além de diagnosticar as práticas realizadas pelos serviços de saúde com leito de UTI e, a partir das informações coletadas, propor ações no nível local e nacional.

A MEJC conquistou conformidade alta de 67% de indicadores de estrutura e processo avaliados. Todos os hospitais foram avaliados em 15 critérios relacionados às práticas de segurança do paciente, como a instituição do Núcleo de Segurança do Paciente (NSP), o protocolo de prática de higiene das mãos, o protocolo de cirurgia segura e o protocolo de identificação do paciente, entre outros.

“O reconhecimento pela ANVISA evidencia a cultura da segurança do paciente valorizada pela maternidade, reforçando o nosso compromisso no que tange a qualidade do serviço prestado ao paciente e ao seu familiar”, afirma Maria da Guia de Medeiros Garcia, gerente de Atenção à Saúde, da MEJC.

Essa autoavaliação é um desdobramento da Resolução da Diretoria Colegiada (RDC), nº 36 da ANVISA, de 25 de julho de 2013, a qual instituiu ações para a segurança do paciente em serviços de saúde. Segundo Edna Marta, chefe do Setor de Vigilância em Saúde da maternidade, a instituição já realizava ações e atividades para o atendimento das Metas Internacionais de Segurança do Paciente. “Já tínhamos várias normas e protocolos implantados que comungavam com os protocolos de segurança do paciente do Ministério da Saúde. A RDC só veio fortalecer essas ações”, disse.

Para a superintendente da maternidade, Sônia Barreto, o resultado alcançado além de dar visibilidade institucional a nível nacional, ajuda a reforçar o trabalho desenvolvido ao longo dos anos. “ A avaliação realizada pela ANVISA nos faz crer que estamos no caminho certo e nos motiva a continuar a trajetória de 67 anos de uma instituição de referência e que é fonte de estudos e de práticas assistenciais de ponta”, comenta.

STF manda soltar Rocha Loures, o homem da mala de R$ 500 mil.

O ministro Luiz Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), mandou soltar o ex-deputado Rodrigo Rocha Loures, do PMDB-PR, flagrado pela Polícia Federal recebendo de um executivo da JBS uma mala com R$ 500 mil.

A ordem de Fachin foi dada nesta sexta-feira, 30. Rocha Loures terá que usar tornozeleira eletrônica e deverá permanecer em casa à noite, finais de semana e feriados. Ele também não pode sair do Brasil e ter contato com outros investigados da Lava Jato.

Rocha Loures foi preso no começo de junho após perder o mandato de deputado, em razão das delações de executivos da JBS.

Marco Aurélio autoriza volta de Aécio ao Senado e nega pedido de prisão.

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Marco Aurélio Mello autorizou hoje (30) o senador Aécio Neves (PSDB-MG) a retomar as atividades parlamentares no Senado Federal. Aécio não comparece à Casa desde 18 maio, quando foi afastado pelo ministro Edson Fachin, após a Operação Patmos da Polícia Federal. No texto, Marco Aurélio manteve decidão anterior de negar o pedido de prisão preventiva do senador.

No documento, Marco Aurélio, entretanto, proíbe o senador de deixar o país e de fazer contato com outros investigados ou réus no processo.

“Provejo o agravo para afastar as medidas consubstanciadas na suspensão do exercício de funções parlamentares ou de qualquer outra função pública, na proibição de contatar outro investigado ou réu no processo e na de ausentar-se do país, devolvendo ao agravante a situação jurídica que lhe foi proporcionada pelos eleitores no sufrágio universal”, diz a decisão.

A Procuradoria Geral da República (PGR) havia pedido a prisão de Aécio, que foi negado por Fachin. Na decisão de hoje, o ministro Marco Aurélio manteve a decisão e descartou a prisão preventiva do parlamentar. "Julgo prejudicado o agravo formalizado pelo procurador-geral da República em que veiculado o pedido de implemento da prisão preventiva do agravante", determina Marco Aurélio.

Em nota, divulgada por sua assessoria, Aécio Neves diz que recebe a decisão com serenidade.

"Recebo com absoluta serenidade a decisão do ministro Marco Aurélio, do Supremo Tribunal Federal, da mesma forma como acatei de forma resignada e respeitosa a decisão anterior. Sempre acreditei na Justiça do meu país e seguirei no exercício do mandato que me foi conferido por mais de 7 milhões de mineiros, com a seriedade e a determinação que jamais me faltaram em 32 anos de vida pública", diz a nota.

O presidente interino do PSDB, senador Tasso Jereissati (CE), divulgou nota hoje elogiando a decisão do ministro Marco Aurélio Mello. Jereissati classificou a decisão de “justa e equilibrada” e afirmou que ela é “coerente com a separação e a independência entre os Poderes”.

Advogado comete suicídio ao pular de 7º andar de edifício em Natal/RN.

O Jardinense advogado, Leonardo Medeiros de Azevedo, de 29 anos que completaria 30 anos no próximo dia 08 do mês que vem, cometeu o ato extremo, o jovem se suicidou, pulando da janela do apartamento da família na madrugada desta sexta-feira, (30), na cidade de Natal.

Segundo informações apuradas, é que o jovem vinha sofrendo de depressão e que estava passando por tratamentos. Leonardo era filho de Gildo de Geraldo Dias e neto do saudoso Geraldo Dias.
 
O corpo será velado no cemitério Morada da Paz em Natal, e o sepultamento será às 18h desta sexta-feira, (30), no referido cemitério.

Parlamento alemão aprova legalização do casamento gay.

O plenário do Bundestag, a Câmara dos Deputados da Alemanha, aprovou nesta sexta-feira (30) a legalização do casamento homossexual no país, um projeto liderado pelos social-democratas, rompendo o acordo de coalizão com os conservadores da chanceler Angela Merkel. A informação é da Agência EFE.

A três meses das eleições gerais, a iniciativa foi apoiada por 393 deputados, recebeu 226 votos contrários e quatro abstenções.

O projeto recebeu o apoio dos deputados do Partido Social Democrata (SPD, sigla em alemão), da Esquerda e dos Verdes, além de integrantes da União Democrata-Cristã (CDU), partido de Merkel, que liberou o voto.

A chanceler foi uma das primeiras a depositar seu voto na urna, colocada no centro do plenário, e escolheu o cartão vermelho, que representava o "não" à legalização do casamento entre homossexuais.

O porta-voz social-democrata, Thomas Oppermann, defendeu o passo dado por seu partido, que forçou a discussão da iniciativa antes do término da legislatura, recuperando um projeto de lei de 2015 que já tinha passado pelo Bundesrat, a câmara alta, e que estava estacionado no Bundestag.

Em nome da União Democrata-Cristã, o líder do grupo parlamentar, Volker Kauder, se transformou em porta-voz dos que defendem que "o casamento é a união entre um homem e uma mulher", mas disse respeitar seus companheiros que têm opinião diferente.

"Eu, pessoalmente, nunca colocarei minha assinatura em algo que represente o casamento para todos, por motivo de consciência", declarou Kauder, que expressou dúvida sobre a constitucionalidade da lei, ao entender que a concepção cristã do casamento está protegida na lei fundamental alemã.

Do mesmo partido, o deputado Khan Marco Luczak defendeu o "sim" ao projeto, ao lembrar que o respeito, o amor e a convivência são valores tradicionais que devem ser defendidos pelos conservadores

Suzane Richthofen pede progressão ao regime aberto para cumprir pena em liberdade.

A detenta Suzane von Richthofen, condenada a 39 anos de prisão pela morte dos pais, pediu à Justiça para ir ao regime aberto - se for concedido, ela cumprirá o restante da pena em liberdade. Não há prazo para julgamento do pedido, feito pela defesa dela no início deste mês. Ela está presa em Tremembé, no interior de São Paulo.

No documento, a defesa incluiu que Suzane, quando obtiver a progressão, tem uma vaga de emprego de costureira disponível em uma confecção em Angatuba (SP) - cidade onde vive o namorado da presa. A oferta, confirmada pela empresa em um ofício, permanecerá em aberto até a decisão da Justiça sobre o regime penal mais brando.

A detenta, encarcerada desde 2002, passou a cumprir pena em outubro de 2015 no regime semiaberto. Nele, ela já tem direito às saídas temporárias. Se for para o regime aberto, ela poderá deixar a prisão para viver em liberdade desde que tenha endereço fixo, trabalho e compareça em datas determinadas pela Justiça na Vara de Execuções Criminais (VEC).

No pedido, a defensoria, que atua na defesa de Suzane Richthofen, aponta que ela cumpriu o tempo de pena necessário para ter direito à progressão para o regime aberto - sendo um sexto da pena no semiaberto. O documento destaca ainda o 'ótimo comportamento carcerário da sentenciada' apontado em atestado emitido pela direção da penitenciária.

No cálculo da Secretaria da Administração Penitenciária (SAP), o prazo para mudança de regime seria 4 de setembro de 2019, mas a Defensoria cobra o abatimento de 996 dias deste prazo, adquirido por meio do trabalho de costureira que exerce em uma oficina no presídio. Antes, ela atuou na unidade como auxiliar de enfermaria e de copa.

Se esses dias remidos forem considerados, ela já teria cumprido o tempo necessário à progressão. 

O pedido de Suzane foi encaminhado ao Ministério Publico que deve emitir um parecer sobre o regime aberto à detenta na próxima semana. Essa análise deve embasar a decisão da Justiça. Via G1.

Dnit fará pesquisa com motoristas sobre condições das rodovias .

A partir da meia-noite de amanhã (1º) até o dia 7, os condutores de veículos que passarem pelas principais rodovias federais do país serão alvo da Pesquisa de Origem e Destino, do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit). A ação é a terceira etapa da pesquisa feita pelo Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil, por meio do Dnit, em parceria com a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e o Comando de Operações Terrestres do Exército Brasileiro (Coter).

Nesta etapa será feito um diagnóstico socioeconômico das viagens nas rodovias federais. A expectativa é que mais de 500 mil entrevistas sejam feitas nos sete dias de levantamento. Segundo o Dnit, a pesquisa é fundamental para o aprimoramento das demandas por transportes nas rodovias e, assim, para a definição das ações de planejamento para o setor. “É a oportunidade para identificarmos os gargalos e definirmos as prioridades de gestão para que possamos oferecer as melhores condições de trafegabilidade no país”, afirmou em nota o diretor-geral do Dnit, Valter Casimiro Silveira.

Ao todo, 5 mil militares do Exército estarão posicionados em 123 postos de 24 estados, com exceção do Amazonas,  de Roraima e  do Amapá. Entre as principais rodovias da operação, estão a BR-116, BR-101, BR-153, BR-163 e BR-364. As coletas das informações acontecerão simultaneamente nas localizações disponíveis nos mapas do Plano Nacional de Contagem de Tráfego.

Os militares aplicarão um questionário aos motoristas de veículos de passeio e de carga sobre os motivos da viagem e as condições das estradas. A pesquisa é voluntária e será feita por amostragem, de forma aleatória, por tipo de veículo. Toda a metodologia e tratamento dos dados sobre o fluxo de veículos são feitos pela UFRJ.

A Pesquisa Origem e Destino teve início no ano passado, com a coleta das informações divididas em quatro etapas. Na primeira fase, realizada em julho de 2016 em 60 postos das cinco regiões do país, foram contados e classificados 3.549.768 veículos e entrevistados 210.984 condutores. Na segunda etapa, em novembro de 2016, também em 60 postos, a pesquisa contabilizou 297.242 mil entrevistas e 2.322.899 veículos.

Segundo o Dnit, a Pesquisa Origem e Destino é uma ação estratégica do Plano Nacional de Contagem de Tráfego, retomado em 2014, que identifica os gargalos logísticos dos principais corredores de transportes do país, a necessidade de expansão ou adequação de capacidade das rodovias, e de projetos para construção ou manutenção da malha rodoviária brasileira.

Brasileirão: Corinthians lidera média de público pagante após 10 rodadas.

A boa campanha do Corinthians, único invicto do Brasileiro e líder da competição com 26 pontos, está motivando a sua torcida. Não é à toa que o Timão lidera o ranking de público pagante entre os 20 times da Série A, até aqui. Nas cinco vezes que atuou na sua arena - contra Chapecoense, Santos, São Paulo, Cruzeiro e Bahia nesta ordem - a média de torcedores foi de 35.759 por jogo.

Tal número é 2,3 vezes maior que a média do campeonato como um todo (15.167). O levantamento feito pelo GloboEsporte.com leva em consideração a quantidade de ingressos vendida pelos clubes nos jogos disputados em casa.

Das cinco partidas com maior presença de torcedores, o Timão está presente em quatro, sendo três como mandante e uma como visitante diante do Grêmio. Apesar do desempenho irregular neste início de Brasileirão (5V/1E/4D), o Palmeiras está na vice-liderança no ranking, com média de 32.436 espectadores nos quatro duelos que disputou em casa contra Vasco (33.425), Atlético-MG (34.240), Fluminense (33.066) e Atlético-GO (29.014). 

Na terceira posição aparece o Grêmio (26.476), que registrou o recorde de público da competição (50.116) até o momento, na derrota em casa por 1 a 0 para o Corinthians, no último fim de semana. Na sequência vem o São Paulo, que levou cerca de 19.750 torcedores nos cinco jogos disputados no Morumbi. A média poderia ser ainda melhor se o time dirigido por Rogério Ceni não estivesse na incômoda 16º colocação, a um ponto do Z-4. 

Governo do RN anuncia investimento de R$ 8,3 milhões no Ciosp.

As forças de segurança pública do Rio Grande do Norte receberam na quarta-feira (28) uma suplementação para auxiliar no combate à violência no estado, com o investimento de R$ 8,3 milhões em equipamentos de comunicação e um veículo do tipo plataforma. A entrega dos materiais foi feita na Escola de Governo.

Os materiais foram adquiridos com recursos do acordo de empréstimo com o Banco Mundial, via Governo Cidadão, e englobam rádios móveis digitais (R$ 3 milhões), veículo tipo plataforma (R$ 339 mil), utilizado para realizar a manutenção de todas as câmeras, e equipamentos de sistema de comunicação do Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp), com valor de R$ 4,971 milhões.

As regiões beneficiadas com os equipamentos e com o sistema de amplia​​​​​​​​ção da comunicação serão Natal e Mossoró, e as áreas metropolitanas das respectivas cidades. Os equipamentos do Ciosp servirão para digitalizar a comunicação da área de inteligência dos órgãos de segurança. Além disso, os canais existentes entre as polícias serão aumentados.

Em Natal e Região Metropolitana, por exemplo, serão 34 canais ao invés dos 17 existentes. O Ciosp de Mossoró também será beneficiado com os investimentos, deixando de ser analógico e passando a ser digital.

Polícia Federal combate serviços de segurança irregulares em todo o país.

A Polícia Federal (PF) deflagrou hoje (30) a Operação Segurança Legal para fiscalizar serviços de segurança irregulares e as empresas contratantes. “A contratação de serviços clandestinos de segurança privada coloca em risco a integridade física e o patrimônio dos tomadores do serviço, já que esses seguranças não são checados quanto aos seus antecedentes criminais, formação, aptidão física e psicológica”, afirmou a PF em nota.

Além do risco, os equipamentos utilizados nesse tipo de segurança podem ser oriundos de outras atividades ilegais, como armas e munições de origem irregular ou contrabandeadas.

Segundo a PF, no Brasil existem mais de 2.5 mil empresas de segurança privada legalizadas. No entanto, estima-se que o número de companhias clandestinas que atuam no setor seja quase o dobro, causando a chamada concorrência predatória. A estimativa é de que esse serviço clandestino movimente cerca de R$ 60 bilhões por ano, valor que escapa também ao recolhimento de tributos. Em quase todos os casos, há ainda violação flagrante dos direitos trabalhistas por meio de postos informais de trabalho.

A PF investiga ainda o alto número de agentes públicos envolvidos com a segurança privada irregular, em sua maioria policiais ou outros agentes da segurança pública. “Chamou atenção o número de mortes de servidores da segurança pública fora de serviço. Grande parte estaria exercendo atividades de segurança privada de forma irregular”, informou.

A ação ocorre em todas as unidades da PF do país. Cerca de 500 agentes fiscalizarão, durante todo o dia, as empresas que exercem atividade de segurança privada sem autorização. A prática dessa atividade clandestina configura crime, cuja pena é de prisão de três meses a dois anos, também para o tomador do serviço que insista na contratação irregular.

BNB anuncia redução de juros para capital de giro.

O presidente do Banco do Nordeste, Marcos Costa Holanda, anunciou ontem, 28, redução das taxas de juros do Giro Insumos, linha de crédito de capital de giro da instituição, com queda de 15% a 20% nos encargos. A novidade foi divulgada durante coletiva de imprensa realizada na sede do Banco do Nordeste, em Fortaleza.

Com a medida, os juros para essa modalidade de crédito passam de 0,95% e 1,04% ao mês para 0,88% mensais, no caso de empresas com faturamento até R$ 16 milhões ao ano. Para faturamento entre R$ 16 milhões e R$ 90 milhões anuais, as taxas, que variavam entre 1,16% e 1,54% ao mês, caem para 0,95% e 1,04% mensais. No caso de empresas com faturamento acima de R$ 90 milhões ao ano, os encargos de 1,30% e 1,78% passam a variar de 1,12% a 1,32% mensais.

Acordo com a Suíça permite repatriação de US$ 1,5 milhão aos cofres brasileiros.

Uma ação de cooperação com a Suíça permitiu a repatriação aos cofres públicos brasileiros de US$ 1,5 milhão recebidos de forma ilícita por um dos investigados na Operação Lava Jato, da Polícia Federal. A repatriação foi confirmada nesta semana.

O valor estava depositado em um banco suíço, em contas de empresas offshores controladas por João Carlos de Medeiros Ferraz, que fechou acordo de colaboração premiada em 2015. Segundo o Ministério da Justiça, o recurso foi obtido por meio de crimes de corrupção e lavagem de dinheiro.

Ferraz era ex-presidente da Sete Brasil, empresa criada pela Petrobras em 2010 para administrar sondas de exploração do pré-sal.

A cooperação com a Suíça também envolve o envio de documentos para os investigadores brasileiros.

O pedido de cooperação jurídica internacional para a repatriação foi feito em dezembro de 2016 pela Procuradoria da República no Paraná e encaminhado ao Departamento de Recuperação de Ativos e Cooperação Jurídica Internacional, autoridade central brasileira para cooperação jurídica com a Suíça.

A Operação Lava Jato foi deflagrada em 2014 para investigar denúncias de desvios de dinheiro na Petrobras. De acordo com o Ministério Público Federal (MPF), a Lava Jato é a maior investigação de corrupção e lavagem de dinheiro feita no país. Estima-se que o volume de recursos desviados dos cofres da Petrobras esteja na casa dos bilhões de reais, segundo o MPF.
O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Marco Aurélio Mello autorizou nesta sexta-feira (30) que o senador Aécio Neves (PSDB-MG) volte ao Senado e, consequentemente, volte a exercer atividades de seu mandato. A decisão tem ef... - Veja mais em https://noticias.bol.uol.com.br/ultimas-noticias/brasil/2017/06/30/ministro-do-stf-autoriza-aecio-a-retomar-mandato-no-senado.htm?cmpid=copiaecola
O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Marco Aurélio Mello autorizou nesta sexta-feira (30) que o senador Aécio Neves (PSDB-MG) volte ao Senado e, consequentemente, volte a exercer atividades de seu mandato. A decisão tem ef... - Veja mais em https://noticias.bol.uol.com.br/ultimas-noticias/brasil/2017/06/30/ministro-do-stf-autoriza-aecio-a-retomar-mandato-no-senado.htm?cmpid=copiaecola

Fátima denuncia ameaça do governo a parlamentares que votarem contra as reformas.

A senadora Fátima Bezerra denunciou, nesta quinta-feira, no Plenário, que o governo está usando métodos espúrios para conseguir o apoio de parlamentares às reformas trabalhista e da Previdência, com a liberação de emendas orçamentárias e recursos para políticas públicas em seus estados. Fátima baseou a informação em declaração dada, em entrevista, pelo vice-líder do governo na Câmara Darcisio Perondi. Ele também afirmou que parlamentares da base de apoio ao governo que votarem contra as medidas perderão seus cargos. 

A pedido de Fátima, a bancada do PT e outros partidos da Oposição entrarão com representação contra o governo junto à Procuradoria-Geral da República.