sábado, setembro 30, 2017

Bombardeios na província síria de Idlib deixam 28 mortos na síria.

Pelo menos 28 civis morreram ontem à noite em bombardeios contra a localidade de Armanaz, na província de Idlib, na Síria, controlada quase totalmente por facções islamitas, informou hoje (30) o Observatório Sírio de Direitos Humanos. A informação é da Agência EFE.

Foram feitos dois bombardeios de aviões não identificados sobre uma mesma zona residencial, o segundo dos quais causou vítimas entre as equipes de resgate que tentavam ajudar aos feridos do primeiro ataque, segundo a Organização das Nações Unidas (ONU).

O número de vítimas fatais pode aumentar, segundo o Observatório, pois há vários feridos graves e pessoas presas sob os escombros.

Os bombardeios aumentaram nos últimos dias em Idlib e na vizinha província de Hama, apesar de no dia 15 de setembro os participantes na conferência de Astana sobre o conflito sírio - na qual atuam como fiadores Rússia, Turquia e Irã - tenham acertado a criação de zonas de distensão nessas áreas.

Esta semana a Rússia, aliada do Governo de Bachar al Assad, anunciou que tinha retomado os ataques contra as posições jihadistas em Idlib e na região nordeste síria de Deir ez Zor.

Cármen Lúcia diz que juízes devem se especializar sem perder a noção do conjunto.

A presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Cármen Lúcia, disse hoje (29) em Belo Horizonte que os juízes vêm cada vez mais aprofundando seus conhecimentos, mas considerou ser preciso tomar alguns cuidados com a especialização. A avaliação foi apresentada durante sua conferência no Seminário Reforma Trabalhista, evento realizado pelo Tribunal Regional do Trabalho de Minas Gerais (TRT-MG) que se encerrou nesta sexta-feira (29).

"É preciso ter cuidado para que a especialidade não leve a um afunilamento de conhecimento que faz com que o juiz perca a ideia de conjunto. O direito é um sistema", disse a ministra. Para ela, os magistrados têm cada vez mais ferramentas à disposição para se capacitarem, como o ensino a distância, trazendo novas possibilidades. No entanto, Cármen Lúcia destacou que o Poder Judiciário é um só.

“Um juiz não pode pensar que é mais importante que o outro, em razão da especialidade que ele tem. Eu gostaria até que não tivessem os títulos que acabam separando o juiz de primeiro grau, o de segundo grau e o de um tribunal superior”, acrescentou.

A presidente do STF disse que é preciso ter uma segurança da legislação e da jurisprudência. “A vida é dinâmica, o direito muda ao longo do tempo, da mesma forma como em todos os lugares do mundo. Ainda assim, é preciso um cuidado maior num país de tantas realidades e de tantos desafios”. Ela lembrou que a mesma Constituição deve ser aplicada para pessoas que usam helicópteros para se deslocar em grandes centros urbanos e para aquelas que levam dois dias a pé para ter acesso a um hospital.

sexta-feira, setembro 29, 2017

Lançado edital para seleção de Fiscais para o Exame de Seleção 2018.

A Direção-Geral do Campus João Câmara do IFRN faz saber aos interessados sobre a publicação do Edital Nº 031/2017 de seleção de fiscais para atuarem nas provas do Exame de Seleção 2018, que serão realizadas no próximo dia 08 de outubro, das 13h às 17h.
Os alunos e servidores interessados podem se inscrever até o dia 26 de setembro através deste formulário. Entre os pré-requisitos para concorrer às vagas estão: a) alunos: possuir idade mínima de 16 anos, estar matriculado em um dos cursos regulares do Campus João Câmara e ser titular de conta bancária na Caixa Econômica Federal ou Banco do Brasil; b) servidores: estar em pleno exercício de suas funções no Campus.
Das vagas destinadas aos alunos, 50% serão preenchidas por discentes inscritos nos Programas de Assistência Estudantil do IFRN João Câmara e os outros 50% pelos demais alunos; ambas as seleções levarão em consideração o Índice de Rendimento Acadêmico (IRA) de cada aluno, conforme estabelecido no item 4 do Edital.
O resultado final da seleção será divulgado no dia 28 de setembro de 2017.

Renan acusa Temer de negociar com Janot para salvar amigos.

Hoje na oposição, o senador Renan Calheiros (PMDB-AL) está em guerra contra o presidente Michel Temer. Renan agora acusa Temer de ter mantido negociações com o então procurador-geral da República, Rodrigo Janot, na tentativa de livrar seus amigos da Lava Jato, incluindo ministros e o então presidente da Câmara, Eduardo Cunha, hoje preso. Para o senador, Cunha e Temer são “umbilicalmente” ligados. “Aquilo ali é um corpo só”, atacou o senador.

Renan relatou conversas mantidas com o presidente pouco antes de seu rompimento com o governo, em fevereiro. Disse que Temer chegou a dizer a ele que “fecharia os olhos” para a sucessão de Janot, nomeando um aliado dele, Nicolao Dino, se fosse o mais votado na lista tríplice do Ministério Público. Em troca, teria acertado que o procurador-geral não denunciaria ministros.

“Foi por isso que Michel fez aquele pronunciamento, em fevereiro, dizendo que, se um ministro fosse denunciado, seria afastado do governo. Já tinha um acordo”, afirmou Renan.

Ex-presidente do Senado e ex-líder do PMDB, o senador disse que alertou Temer de que Janot não era confiável. “Eu falei para ele: Michel, você não vai fazer aliança com Janot. Ele já traiu Fabiano e também vai lhe trair na primeira esquina”, contou, numa referência a Fabiano Silveira, ministro da Transparência do governo Temer.

Fabiano caiu 18 dias após assumir o cargo, em maio de 2016, após ser gravado em conversa com Renan, seu padrinho, orientando o então presidente do Senado e o ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado nas investigações da Lava Jato.

De acordo com Renan, Temer também negociou com Janot, quando ainda era vice-presidente, a retirada do nome de Henrique Eduardo Alves das investigações. “No governo Dilma, queriam nomear Henrique para ministro do Turismo. Dilma disse ao Michel que só nomearia se ele não estivesse na lista de Janot. Michel, então, se encontrou com Janot e pediu a ele para tirar Henrique e também Eduardo Cunha da investigação. Ele livrou Henrique, mas disse que não conseguiu tirar o Eduardo”, contou o senador.

Sem o nome na lista, àquela altura, Henrique Alves acabou nomeado por Dilma em abril de 2015, substituindo Vinícius Lage, afilhado político de Renan. Alvo da Lava Jato, o senador soube, depois, que Temer nunca fez qualquer pedido por ele ao procurador-geral. “Janot mandou o seguinte recado para mim, por meio de um interlocutor: ‘Diga ao presidente Renan que ele não tem prestígio nenhum com o vice-presidente'” .

Renan assegura que disse tudo isso para Temer na conversa de rompimento. Chegou até a pedir ao presidente a demissão do então ministro da Justiça, Osmar Serraglio, segundo ele indicado por Cunha “de dentro da prisão”. Temer teria respondido: “Renan, você sabe que estou sendo chantageado”.

Em nota, a Secretaria de Comunicação da Presidência (Secom) negou as acusações feitas por Renan. “O senador Renan Calheiros deveria escolher melhor seus amigos-informantes. Verifica-se, pelas informações fantasiosas, que essa é mais uma de suas escolhas erradas”, diz o texto assinado pela Secom. A reportagem não conseguiu contato com Janot. O espaço está aberto para manifestação do ex-procurador-geral.

Pouco antes de deixar o cargo, há 12 dias, Janot apresentou a segunda denúncia contra Temer no Supremo Tribunal Federal (STF) – desta vez por organização criminosa e obstrução da Justiça – e incluiu na acusação os ministros Eliseu Padilha (Casa Civil) e Moreira Franco (Secretaria de Governo). Temer não nomeou Nicolau Dino, o primeiro da lista do Ministério Público, para o comando da Procuradoria-Geral da República, escolhendo Raquel Dodge, a segunda colocada.

Confira quais são os temas que podem ser abordados na redação do Enem.

Para quem vai fazer o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), a preparação para a redação é fundamental. Isso porque essa prova vale 1000 pontos, enquanto nas outras áreas de conhecimento, o valor varia por conta da Teoria de Resposta ao Ítem (TRI), método que dá pesos diferentes para as questões de acordo com o número de erros e acertos.

A exemplo dos últimos anos, a redação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) deste ano deve continuar tratando de temas sociais. “A gente especula que a prova continue tratando de algum tema de grande abrangência e polêmica social, como tem sido nos últimos anos”, avalia o professor de sociologia e filosofia de uma escola particular do Rio de Janeiro Leandro Vieira, que também dá aula de atualidades para alunos que se preparam para a prova.

Entre as apostas do professor estão a questão ambiental e a mobilidade urbana, com foco no transporte público nas grandes cidades. “Esse tem sido um grande tema, desde os grandes eventos como a Copa e as Olimpíadas, e costuma ser cobrado na redação do Enem”, diz. Ele também lembra do assunto liberdade de expressão. “Nos últimos anos tem havido um grande debate sobre o que pode ou não ser dito, os limites para a liberdade de expressão”, diz.

A professora do laboratório de redação de um colégio particular de São Paulo Maria Aparecida Custódio elaborou uma lista com cerca de 30 temas possíveis para a prova deste ano. Entre os destaques estão os caminhos para combater a homofobia no Brasil, a gravidez na adolescência, os hábitos alimentares relacionados à obesidade infantil, o bullying e a violência nas escolas. Entre os temas ambientais, a professora destaca como possíveis assuntos a serem abordados na prova as crises hídrica e energética, o marco da biodiversidade, a produção de lixo e o consumo sustentável. “São assuntos da atualidade, que mobilizam a opinião pública e que são de interesse de todos nós”, diz.

Maria Aparecida lembra que os temas do Enem são predominantemente nacionais e sempre temas sociais, ambientais e relativos a direitos humanos. “São assuntos que de alguma maneira representam um problema que exige uma possível intervenção”, diz. Segundo a professora, o Enem sempre propõe temas que envolvem tanto a participação do Estado como da sociedade.

A coordenadora de redação de uma escola de Brasília Carolina Darolt também aposta que a redação do Enem deve continuar abordando a temática social e comportamental, como nos últimos cinco anos. Ela também cita a questão ambiental, com foco na escassez da água e na Floresta Amazônica. Mobilidade urbana e bullying também são possíveis temas, segundo a professora.

No entanto, para Carolina, o aluno não deve perder tempo tentando adivinhar um possível tema da redação. “Estar preparado para receber qualquer tema é mais importante que acertar o tema. Ele deve pensar em referências textuais que poderiam permear muitos temas”, diz.

Tumulto em estação de trem deixa 22 mortos e 25 feridos na Índia.

Pelo menos 22 pessoas morreram e outras 25 ficaram feridas como consequência de um tumulto em uma passarela na estação de trem de Mumbai, no oeste da Índia, informou nesta sexta-feira (29) à Agência EFE uma fonte oficial.

Um porta-voz da Unidade de Gerenciamento de Desastres da Corporação Municipal da Grande Mumbai, que pediu não ser identificado, explicou que o acidente aconteceu quando várias pessoas que se protegiam da chuva em uma ponte que serve de passarela para a estação de Elphinstone Road, tentaram sair do local, gerando uma avalanche de pessoas.

O porta-voz afirmou que centenas de pessoas estavam na ponte no momento do acidente e que o local é utilizado diariamente por milhares de pessoas. Segundo ele, 25 pessoas ficaram feridas e foram levadas para hospitais da região, e que muitas estão em estado grave.

A cada 40 segundos, uma pessoa morre vítima de doença cardiovascular no Brasil .

Em todo o mundo, cerca de 17,5 milhões de pessoas morrem vítimas de doenças cardiovasculares, a cada ano, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS). No Brasil, a situação não é diferente. A média anual chega a 350 mil, o que corresponde a uma vida perdida a cada 40 segundos; a duas vezes mais que todas as mortes decorrentes de câncer e seis vezes mais que as provocadas por todas as infecções no país. Apenas entre janeiro e setembro deste ano, foram 240 mil mortes por problemas cardíacos.

Para alertar a sociedade, a Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC) promove nesta sexta-feira, 29, Dia Mundial do Coração, a campanha Movidos pelo coração.

O objetivo da campanha é convencer a população a adotar medidas preventivas. Atividades em algumas cidades e ações na Internet promoverão essa sensibilização, que pode ser definitiva na vida de muitas pessoas. Isso porque, segundo o presidente da SBC, Marcus Bolivar Malachias, “a metade dessas mortes poderia ser evitada ou postergada por muitos anos com prevenção e cuidado”.

Praticar atividades físicas; ter uma alimentação balanceada; controlar o colesterol, a pressão arterial e o diabetes; evitar fumar; consumir moderadamente álcool e sal e usar corretamente a medicação indicada pelo médico, quando for o caso, são exemplos do que deve ser feito para evitar doenças arteriais coronárias, acidentes vasculares cerebrais (AVC) e outros problemas.

Embora as doenças e também as formas de combatê-las sejam conhecidas da comunidade médica e mesmo da população em geral, o Brasil tem vivenciado a ocorrência precoce desses problemas. Metade dos infartos fatais, que deveriam atingir sobretudo idosos, ocorre, atualmente, em pessoas com menos de 60 anos.

O número de atingidos com menos de 40 também tem crescido, segundo a SBC. Uma das explicações para esses fatores é que “o brasileiro não se trata”, sentencia Marcus Bolivar Malachias. Ele aponta que 80% dos hipertensos sabem que devem se cuidar, mas não adotam reeducação alimentar ou atividades físicas. Muitos também não tomam os remédios indicados para o tratamento, inclusive porque esse tipo de doença não costuma ser sintomática. Caso tudo isso fosse feito, a pessoa hipertensa poderia ter mais 16,5 anos de expectativa de vida.

“Nosso maior desafio é diminuir o hiato entre a ciência, os conhecimentos e as tecnologias e a sua aplicatividade, por isso é importante fazer com que as pessoas se conscientizem, porque a saúde começa com o autocuidado”, afirma. De acordo com Malachias, o Brasil possui um número alto de cardiologistas, 14 mil, ficando atrás apenas dos Estados Unidos. O sistema de saúde do país também possibilita o cuidado, apesar das dificuldades que podem ser encontradas para se obter assistência médica especializada. “Hoje, nós demandamos muita consulta com pouca resolutividade, porque após a consulta o tratamento deve continuar”, explica.

Além disso, o estresse tem se tornado um fator de risco recorrente, inclusive entre os jovens. A alta liberação de hormônios como a adrenalina e cortisol provocam instabilidade e elevam a pressão sanguínea e os batimentos cardíacos, podendo provocar infarto ou AVC. Para combatê-lo, a SBC indica algumas pequenas práticas, como se alimentar melhor, praticar atividades físicas, dormir melhor e até rir mais. Em caso desse estado de tensão ocorrer com frequência, é importante buscar ajuda para saber se pessoa está sofrendo de algum distúrbio de ansiedade.

ABC joga nesta sexta contra o Goiás no Frasqueirão.

O ABC finalizou na tarde dessa quinta-feira, 28, os preparativos para o importante compromisso contra o Goiás marcado para esta sexta, 29, às 20h30, no estádio Frasqueirão. A partida será válida pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

A atividade foi iniciada no CTFIS-ABC José Prudêncio Sobrinho. Comandados pelos preparadores físicos, os jogadores fizeram um treino para prevenção de lesões musculares, exercícios funcionais e de liberação miofascial.

Na sequência, os atletas foram para o gramado do estádio Frasqueirão. O treinador do Mais Querido, Itamar Schulle, conversou com o grupo e depois comandou um trabalho de finalização através de cruzamentos, chutes a gol e uma movimentação de ataque contra defesa.

O zagueiro Cleiton, o volante Jardel, o meia Vítor Júnior e o atacante Fabinho não treinaram e continuam sob os cuidados dos médicos e fisioterapeutas, em tratamento intensivo.

Depois do treinamento, Itamar Schulle definiu a relação com os convocados, que logo iniciaram o regime de concentração na Concentração Jorge Tavares de Morais.

IFRN: Prorrogadas as inscrições para o Técnico Subsequente e ProEJA.

A Coordenação de Acesso Discente, filiada a Pró-Reitoria de Ensino do Instituto Federal do Rio Grande do Norte publicou nesta segunda-feira (25), retificação nos Editais 46/2017 e 47/2017 que regem processos seletivos referentes às vagas para Cursos Técnicos na forma Subsequente e Técnicos Integrados na modalidade Educação de Jovens e Adultos (EJA).

A retificação trata da prorrogação no prazo de inscrição para os processos seletivos. Os candidatos terão até o próximo dia 1 de outubro para se inscrever nos editais. É importante lembrar que as inscrições serão realizadas somente pela internet, através do Portal do Candidato e o pagamento da taxa deverá ser efetuado até o dia 2 de outubro.

Vagas
São ofertadas 1.180 vagas na modalidade presencial para os cursos subsequentes, contemplando os campi Apodi, Ipanguaçu, João Câmara, Mossoró, Natal-Central, Natal-Cidade Alta, Natal-Zona Norte, Nova Cruz, Santa Cruz e São Paulo do Potengi; além de outras 80 vagas na modalidade a distância. Para o EJA são oferecidas 116 vagas nos Campi Ipanguaçu, Natal-Zona Norte e Santa Cruz do IFRN.

quinta-feira, setembro 28, 2017

Mantida cassação de prefeita e vice de Água Nova/RN.

Na tarde desta quinta-feira (28), o Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte, julgou o Recurso Eleitoral (RE) 236-28, da relatoria do juiz Gustavo Smith. O RE na Ação de Investigação Judicial Eleitoral-AIJE que apurou suposto abuso de poder durante as eleições municipais de 2016, em Água Nova/RN, cometido por Iomária Rafaela Lima de Souza Carvalho e Elias Raimundo de Souza, prefeita e vice-prefeito do município, e por Francisco Iromar de Carvalho, pai de Iomária.

A Corte eleitoral potiguar, à unanimidade de votos, e em consonância com o parecer da Procuradoria Regional Eleitoral, manteve a sentença do juiz da 65ª zona eleitoral, em todos os seus termos, cassando os diplomas da Prefeita e do Vice-Prefeito de Água Nova, Iomária Rafaela Lima de Souza Carvalho e Elias Raimundo de Souza, e determinando, por conseguinte, novas eleições no município, além da declaração de inelegibilidade por oito anos dos três recorrentes que, segundo a decisão do Regional, participaram ativamente do processo de captação ilícita de votos e de abuso de poder econômico. Desta decisão cabe recurso ao TSE e o TRE deliberará, oportunamente, sobre a data da eleição suplementar no município.

TRE – RN confirma cassação do prefeito de Paraú
Na sessão ordinária da última terça-feira (26) a corte do Tribunal Regional Eleitoral do RN julgou o recurso eleitoral nº 158-39, tendo como recorrente Antonio Carlos Peixoto Nunes, prefeito do município de Paraú, que buscava impugnar decisão da 1ª instância de cassação do mandato, por abuso de poder econômico; e como recorrida a ‘Coligação Unidos Somos Mais Forte’, da relatoria do juiz Gustavo Smith. O parecer do Ministério Público Eleitoral foi pelo conhecimento e desprovimento do recurso, a fim de manter a sentença da primeira instância.

Em pouco mais de duas horas de julgamento, a Corte eleitoral potiguar, por maioria de votos, confirmou a sentença de cassação, seguindo o parecer da Procuradoria Regional Eleitoral. Com essa decisão, ficou mantida a cassação do prefeito de Paraú.

Desta decisão cabe recurso ao TSE e o TRE deliberará, oportunamente, sobre a data da eleição suplementar no município.

Sancionada lei que altera regras para registro de nascimento e casamento.

O presidente Michel Temer sancionou as mudanças nas regras para registro de nascimento e casamento. A lei 13.484/17, publicada no DOU nessa quarta-feira, altera a lei 6.015/73.

Entre as principais alterações destaca-se a permissão para que a certidão de nascimento indique como naturalidade do bebê o município de residência da mãe, em vez da cidade onde ocorreu o parto.

43% dos brasileiros defendem a volta da intervenção militar, diz pesquisa.

Pesquisa de opinião exclusiva feito pelo Instituto Paraná Pesquisas a pedido da coluna detectou que 43,1% dos brasileiros defendem a volta da intervenção militar provisória ao Brasil. 51,6% são contra e 5,3% não sabem ou não responderam.

A coluna encomendou o levantamento após perceber o apoio de internautas às declarações do general Antonio Mourão, que há duas semanas defendeu em palestra uma intervenção e não foi punido pela fala.

O resultado da pesquisa deixou o diretor do instituto, Murilo Hidalgo, surpreso com os números.

— Em 27 anos de pesquisas de opinião é o resultado que me deixou mais surpreso. Mas é importante lembrar que fizemos essa mesma pergunta em dezembro de 2016 e o apoio foi de 35%, então há um apoio crescente.

O apoio à volta da ditadura militar é maior entre os jovens de 16 a 24 anos, quando chega a 46,1% (numericamente empatado com os que se dizem contrários, que são 47,8%) e menor entre os mais velhos, de 60 anos ou mais, com 37,2% de apoio à volta da ditadura e 56,2% contrários. O motivo pode ser o fato de os mais jovens não terem vivido durante o regime militar.

— As pessoas que defendem querem ordem. O perigoso é que há uma parcela grande da população que não viveu a ditadura e não sabe como foi e tem uma sensação de que era melhor. Não pensa que em um regime militar eu e você estaríamos presos só de estar falando sobre isso, fazendo e divulgando a pesquisa.

Por escolaridade, o apoio à volta da ditadura é maior entre os menos escolarizados, com 44,4% de favoráveis à volta do regime e 38,9% de apoio entre os entrevistados de nível superior. Entre entrevistados que trabalham e os que estão desempregados não houve muita diferença: apoio de 43,6% entre os que estão no mercado de trabalho e 42,1% entre os que estão fora.

Já entre as regiões, Norte e Centro-Oeste concentram o apoio à volta da ditadura militar com 44,8%, seguido de Sudeste, com 43,2%, Nordeste com 42,9% e Sul com 41,1%.

A pesquisa foi realizada entre os dias 25 e 28 de setembro de 2017 com 2.540 brasileiros de 16 anos ou mais por meio de questionário online. O grau de confiança de 95% e a margem de erro é de dois pontos percentuais para os resultados gerais.

Para salvar Temer, uns querem cargos, outros preferem emendas.

O Planalto ainda não sabe qual será o saldo final da salvação de Michel Temer. Por um lado, o Centrão quer mexer nas estruturas dos ministérios, já os partidos nanicos preferem focar em emendas parlamentares.

O DEM quer rifar Antônio Imbassahy da Secretaria de Governo e o PP tem interesse em voltar para o Ministério da Integração. Em princípio, o governo não quer trocar os ministérios.

Já os partidos pequenos nem sonham com a Esplanada, preferem emendas parlamentares de olho em 2018.

Fato é que a fatura vai ficar cara.

Líder do EI reaparece com mensagem de voz na internet encorajando os jihadistas.

O líder do grupo terrorista Estado Islâmico (EI), Abu Bakr al Baghdadi, reapareceu nesta quinta-feira (28) com uma mensagem de voz de 47 minutos divulgada através de foros jihadistas na internet, depois de ter sido dado como morto no Iraque e na Síria em várias ocasiões.

Baghdadi disse na mensagem que "qualquer crise ou sofrimento é um presente de Deus", em referência às derrotas sofridas recentemente pelo EI, tanto na Síria como no Iraque, incluindo a perda do seu feudo iraquiano, Mossul, no último mês de julho.

"Apenas após cortar as cabeças e derramar o seu sangue, (os jihadistas) entregaram Mossul, após quase um ano de luta exemplar", destacou Baghdadi. Ele encorajou em várias ocasiões que os soldados do califado "acendam o fogo da guerra contra seus inimigos" das forças sírias apoiadas pelos "apóstatas" do Irã e da Rússia, e dos “ateus curdos", em referência às Forças da Síria Democrática, que lutam contra o EI em Raqqa.

Baghdadi garantiu que "os soldados do Levante (Síria) são um exemplo para seus irmãos no Sinai, no Egito”, e outras áreas que o EI considera como parte do seu "califado", uma boa parte do qual já lhe foi arrebatado desde sua proclamação em 2014.

Apesar da gravação não ter uma data definida, Baghdadi aborda temas de atualidade como a crise entre Estados Unidos e Coreia do Norte e as tensões em torno da realização do referendo de independência do Curdistão iraquiano, na última segunda-feira.

"Os EUA perderam muito poder (...) e vemos como a Coreia do Norte ameaça EUA e Japão, e vemos como a Turquia tem medo da extensão dos curdos nas suas fronteiras", declarou o homem mais procurado do mundo, nascido no Iraque em 1971.

A última mensagem de Baghdadi havia sido divulgada pelo EI na internet em novembro do ano passado, ainda que nem nesta ocasião sua autenticidade tenha podido ser comprovada.

No último mês de junho, o Ministério de Defesa da Rússia havia assegurado que Baghdadi tinha morrido em maio, em um ataque da aviação russa nos arredores de Raqqa.

Menino de nove anos constrói detector de terremotos no Peru.

Um peruano de apenas nove anos de idade construiu um detector de terremotos com materiais simples, como madeira, luzes LED, cabos elétricos, um tubo de aço e um alarme. O projeto do menino, Mateo Huaman, foi apresentado no concurso Eureka 2017, promovido pelo Ministério de Educação do Peru e peloo Conselho Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação Tecnológica do Peru.

A motivação de Mateo para desenvolver a invenção foi a preocupação causada pelos últimos terremotos em diversos lugares do mundo. Ele disse que gostaria de salvar vidas e assim beneficiar a população.

Com o apoio de seus professores e dos pais, Mateo elaborou seu detector em um mês. Ele é composto por um pêndulo e um tripé que o sustenta, de maneira que, quando a terra treme, o circuito elétrico é acionado e um alarme soa.

Mateo, que cursa a terceira série, representou seu colégio no Eureka. Após as várias fases do concurso, os ganhadores viajam à capital do Peru para competir na etapa nacional. Os melhores projetos serão levados a competições internacionais.

Cerca de cem estudantes dos ensinos primário e secundário no Peru participam do Eureka. O vencedor ou vencedora do concurso irá à feira mundial Intel ISEF, realizada nos Estados Unidos. A feira costuma receber cerca de 1.800 estudantes de 80 países.

Validade de produtos em promoção deverá estar visível, prevê projeto aprovado.

De autoria da deputada Mariana Carvalho (PSDB-RO), proposta foi aprovada por unanimidade pela Comissão de Defesa do Consumidor da Câmara dos Deputados

Os mercados e lojas que fizerem promoção para esgotar estoques terão de avisar ao cliente o prazo de validade dos produtos. É o que prevê o projeto de lei 1.885/2015, de autoria da deputada federal Mariana Carvalho (PSDB-RO), que foi aprovado na manhã desta quarta-feira (27) pela Comissão de Defesa do Consumidor da Câmara dos Deputados.

De acordo com a autora, os supermercados e estabelecimentos similares ficam obrigados a divulgar, através de cartazes afixados em locais de destaque, a data de vencimento da validade dos produtos anunciados como promoções-relâmpago ou especiais.

"Muitas vezes, essas promoções acabam atraindo clientes, que não se atentam à data de validade e perdem o produto anunciado. As datas de vencimento deverão possuir a mesma visibilidade dos preços anunciados. A aprovação desse projeto é um sinal de respeito desta Casa com o consumidor", explicou Mariana Carvalho, autora da proposta.

Governo reduz teto de juros do consignado pela segunda vez no ano.

O governo reduziu, pela segunda vez no ano, a taxa máxima de juros cobrados em empréstimos consignados para servidores públicos federais, aposentados e pensionistas. Para servidores, a taxa vai cair de 2,20% para 2,05% ao mês. Para aposentados e pensionistas, a queda será de 2,14% para 2,05% ao mês. A medida foi anunciada hoje (28) no Palácio do Planalto e será publicada no Diário Oficial de amanhã (29).

Segundo o ministro do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, Dyogo Oliveira, a medida representa uma redução de R$ 5 bilhões ao ano no pagamento de juros de empréstimos consignados. “Isso é mais dinheiro que fica para o aposentado e para o servidor usar para suas necessidades.”

Os empréstimos consignados têm parcelas descontadas diretamente na folha de pagamento dos trabalhadores. O ministro destacou ainda que as sucessivas reduções da taxa básica de juros, a Selic, bem como a política de ajuste fiscal do governo, possibilitaram a medida em relação ao consignado.

“As taxas de juros no Brasil estão caindo. Estão caindo porque o governo não fez medidas populistas. Adotou uma agenda de reformas, uma agenda de ajuste fiscal e de austeridade. Isso permitiu que as taxas de juros caíssem. E por isso hoje temos a oportunidade de reduzir as taxas de juros do consignado”, disse Olveira durante o anúncio.

A primeira redução nos juros máximos do empréstimo consignado este ano ocorreu em março, com queda de 0,3% para servidores e 0,2% para aposentados e pensionistas.

Denúncia contra Temer e ministros deverá seguir mesmo rito da anterior na CCJ.

O rito de tramitação da denúncia contra o presidente Michel Temer e os ministros da Secretaria-Geral, Moreira Franco, e da Casa Civil, Eliseu Padilha, na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara, deverá ser praticamente o mesmo adotado na análise da primeira denúncia. Segundo o presidente da CCJ, deputado Rodrigo Pacheco (PMDB-MG), algumas adaptações poderão ser feitas no decorrer da tramitação, uma vez que essa nova peça envolve mais de um denunciado.

“Há uma diferença, por exemplo, em relação às defesas. Na primeira denúncia, houve o prazo de uma defesa. Nessa denúncia, temos que dar o prazo para três defesas distintas, provavelmente de três advogados diferentes. Cada um com mesmo prazo do relator para poder produzir a sua defesa”, disse. “A contagem do prazo do início dos trabalhos da CCCJ será iniciada a partir da última defesa apresentada. São essas as adaptações que nós temos que fazer em razão da peculiaridade dessa segunda denúncia”, completou Pacheco.

Segundo o presidente da comissão, o único ponto ainda não totalmente pacificado é em relação à analise fatiada da denúncia. Ontem, Pacheco rejeitou questão de ordem do deputado Alessandro Molon (Rede-RJ), que propunha a divisão da denúncia. “Já houve uma decisão da Secretaria-Geral da Mesa e do presidente da CCJ no sentido de que deve ser um processo único. O deputado Molon anunciou recurso em relação a isso e um novo requerimento de desmembramento da votação na CCJ. Assim que recebermos essas peças vamos dar dedicação e resposta a cada uma delas”, afirmou o deputado.

Na denúncia apresentada pela Procuradoria-Geral da República (PGR), Temer é acusado de tentar obstruir a Justiça e liderar organização criminosa. O ex-procurador-geral Rodrigo Janot sustenta que o presidente e os ministros Eliseu Padilha e Moreira Franco, ambos do PMDB, foram os responsáveis por liderar esquema de corrupção, envolvendo integrantes do partido na Câmara, com o objetivo de obter vantagens indevidas em órgãos da administração pública.

A defesa de Michel Temer contestou as acusações e apresentou ao Supremo Tribunal Federal (STF) pedido para que a denúncia fosse devolvida à PGR. Mas o plenário da Corte decidiu encaminhar a denúncia para a Câmara, à qual cabe autorizar ou não o prosseguimento da investigação na Justiça.

Cientistas dizem que mutação do zika permitiu ao vírus causar microcefalia fetal.

Uma mutação genética, provavelmente ocorrida em 2013, deu ao vírus da zika a capacidade de causar microcefalia fetal severa, segundo pesquisa publicada nesta quinta-feira (28) na revista Science pela Associação Americana para o Avanço da Ciência. Os resultados do estudo esclarecem como o vírus evoluiu de uma doença relativamente inócua para um patógeno de preocupação global. A informação é da EFE.

Desde 2016, as epidemias de vírus da zika no continente americano foram declaradas uma emergência de saúde pública pela Organização Mundial da Saúde (OMS), e os cientistas não puderam determinar como o vírus, que causava infecções leves, passou a desencadear síndromes neurológicas severas.

Saiba quem tem direito a saque antecipado do PIS/Pasep e veja calendário.

O saque dos recursos das contas do PIS/Pasep trará uma diferença em relação ao saque das contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Desta vez, os beneficiários correntistas do Banco do Brasil ou da Caixa Econômica receberão o dinheiro automaticamente nas contas.

Calendário dos saques.
O governo anunciou nesta quinta-feira (28) o calendário de saque de recursos das contas do PIS/Pasep, que foi antecipado para beneficiar os cotistas idosos. As retiradas começam no dia 19 de outubro para os cotistas com mais de 70 anos. A partir de 17 de novembro, serão disponibilizados os recursos para os aposentados.
Em dezembro, a partir do dia 14, o saque será liberado para mulheres a partir de 62 anos e os homens de 65 anos, ou mais. Antes, o saque poderia ser feito apenas pelos que Já tivessem completado 70 anos.

Bancos.
Os cotistas que preenchem os requisitos para receber os recursos e são clientes do Banco do Brasil, seja com conta corrente ou poupança, vão receber o valor antecipado em suas contas. O crédito será feito automaticamente dois dias antes da abertura do calendário de pagamento estabelecido.

Quem não for correntista do Banco do Brasil e tiver até R$ 2,5 mil poderá fazer, sem custo, uma transferência para outro banco usando a internet e terminais de autoatendimento.

O Banco do Brasil é responsável pelo pagamento do Pasep, que é relativo aos servidores públicos O fundo contabiliza 4,6 milhões de cotas que totalizam R$ 7,1 bilhões. Pelas condições anteriores, 807,4 mil cotistas teriam direito a sacar R$ 2,5 bilhões este ano. Com a antecipação, serão 1,6 milhão de pessoas, e o valor, de R$ 4,7 bilhões.

No caso da Caixa, os correntistas também vão receber o dinheiro automaticamente dois dias antes do início dos pagamentos. Os não correntistas que receberem até R$ 1,5 mil vão poder sacar apenas com Senha Cidadão, nos terminais de autoatendimento. Para valores entre R$ 1,5 mil e R$ 3 mil, é necessário o Cartão Cidadão e a senha. Acima de R$ 3 mil é preciso ir até uma agência do banco. Quem não tem senha ou Cartão Cidadão poderá ir a uma agência da Caixa para realizar o saque.

A Caixa é responsável pelo pagamento do PIS, que abrange os servidores da iniciativa privada e vai pagar a cerca de 6,4 milhões de cotistas, totalizando R$ 11,2 bilhões em recursos.

A exemplo do que ocorreu no saque das contas inativas do FGTS, o dinheiro depositado em conta não poderá ser usado pelos bancos para pagar dívidas de correntistas com saldo devedor.

Quem tem direito.
Só tem direito aos recursos o trabalhador do setor público ou privado que tenha contribuído para o PIS ou Pasep até 4 de outubro de 1988 e que não tenha feito o resgate total do saldo do fundo. Quem começou a contribuir depois dessa data não tem direito ao saque.

Servidores do Estado protestam no Centro Administrativo contra atraso de Salários.

Servidores do Estado realizam protesto no Centro Administrativo cobrando o pagamento salarial em dia.

O Governo do Estado ainda não concluiu o pagamento de agosto, tendo informado que pagará uma parcela de R$ 4 mil após o meio dia de amanhã (29), aos que recebem acima disso, e o restante somente em 05 de outubro.

Os sindicatos de servidores estaduais estão juntos participando do movimento e querem uma audiência com o governador Robinson Faria.
 
Existe uma preocupação também quanto ao pagamento do 13º salário, já que entra para o segundo mês de atraso salarial.

ONU anuncia maior iniciativa global contra a raiva.

Diversas agências das Nações Unidas anunciaram, neste 28 de setembro, Dia Mundial de Combate à Raiva, a "maior iniciativa global" já realizada contra a doença. A parceria "Unidos Contra a Raiva" envolve a Organização Mundial da Saúde (OMS); a Organização Mundial da Saúde Animal (OIE); a Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO); e a Aliança Global para o Controle da Raiva (Garc). A informação é da ONU News.

A meta da estratégia é acabar com as mortes de seres humanos por causa da raiva canina até 2030.
 
Os cães são a principal fonte das mortes de pessoas pela doença, por contribuírem para 99% das transmissões. A OMS acredita que é possível eliminar a raiva vacinando os cães e prevenindo as mordidas pelos animais.

O foco do programa é abordar a doença "como um todo, envolvendo vários setores", com destaque para o papel dos serviços veterinários, de saúde e da educação na prevenção e no controlo da raiva. De acordo com a OMS, a doença viral ocorre em mais de 150 países e territórios, sendo geralmente fatal quando os sintomas aparecem. A raiva é 100% evitável, destaca a agência da ONU.

Navio Veleiro “Cisne Branco” atraca em Natal e será aberto ao público.

O Navio Veleiro “Cisne Branco”, da Marinha do Brasil, atraca neste sábado (30) no Porto de Natal, onde ficará aberto à visitação pública até o dia 3 de outubro. Com entrada gratuita, o Navio Veleiro receberá visitantes das 14 horas às 17 horas em todos os quatro dias.

A vinda do “Cisne Branco” acontece após uma viagem de representação denominada “Comissão Europa 2017”, que atendeu a diversos convites remetidos ao Brasil e à Marinha do Brasil. Na viagem de representação, o Navio Veleiro participou da “Tall Ships Races 2017“, organizado pela “Sail Training International“, sediada na Inglaterra.

O propósito do evento foi promover o treino de vela e a marinharia junto a jovens de diversos países. Para isso, foram reunidos os principais veleiros do mundo, o que trouxe excelentes oportunidades para a Marinha do Brasil, como a projeção de suas capacidades e o estreitamento dos laços com marinhas amigas.

Anatel adia reunião para discutir cassação de licenças da Oi.

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) decidiu adiar reunião para analisar a abertura de processo para cassar as concessões e autorizações da Oi para operar os serviço de telefonia fixa, celular, banda larga e TV por assinatura.

O encontro estava marcado para hoje (28). A empresa, que está em processo de recuperação judicial, acumula dívidas de R$ 65,4 bilhões em bônus, dívidas bancárias e responsabilidades operacionais.

A decisão da agência reguladora foi comunicada por meio de nota, e ocorre após a Justiça autorizar o adiamento da assembleia geral de credores, que vai avaliar o plano de recuperação da tele. A Justiça acatou o pedido da Oi e postergou para o dia 23 de outubro a assembleia, inicialmente marcada para o dia 9.

A Oi está entre as maiores prestadoras de serviços de telefonia fixa e móvel, banda larga, TV por assinatura e uma das maiores provedoras de infraestrutura do setor de telecomunicações no país. A expectativa da agência é que a empresa consiga encontrar solução de mercado para sua situação ”, disse o conselheiro Leonardo Euler de Morais, responsável por relatar o processo da Oi .
Ao justificar o adiamento, o conselheiro afirmou que a complexidade do processo da empresa “cresceu exponencialmente” e que é motivo de “máxima atenção e zelo por parte da Anatel.

“Em vista do processo judicial em curso, que pode inclusive culminar na decretação de falência, a continuidade dos serviços prestados e a integridade do sistema de telecomunicações brasileiro é motivo de máxima atenção e zelo por esta entidade reguladora”, ressaltou.

Morais disse que a Anatel "não se furtará de agir para garantir a continuidade da prestação dos serviços, bem como o funcionamento do setor em sua plenitude, qualquer que seja o resultado da Recuperação Judicial".

Entre as medidas, estão sendo consideradas tanto a decretação de intervenção quanto a abertura de processos administrativos para avaliar a caducidade da concessão de telefonia fixa e a extinção das demais outorgas de serviço e de radiofrequência. "Essas medidas têm previsão legal e estão sob a alçada desta agência”, disse Morais.

Segundo Morais, a expectativa é que a empresa consiga atrair investimentos para se capitalizar. Para evitar que a análise sobre o processo de caducidade atrapalhe o novo plano, o caso saiu da pauta da Anatel. "Dito de outra forma, [seria] um plano de recuperação judicial que atraia capital novo e concentre esforços na recuperação da capacidade operacional e sustentabilidade econômico-financeira das empresas", disse.

O conselheiro disse que foram identificados indícios de "conflito de interesses" prejudiciais à construção da nova proposta de plano de recuperação judicial. "Ainda que se compreenda como legítimos os interesses dos acionistas e dos credores, para o regulador setorial têm primazia a efetiva preservação e a continuidade das atividades e serviços prestados", acrescentou.

ITEP/RN passa a realizar exames de retrato falado.

O Instituto Técnico-Científico de Perícia do Rio Grande do Norte (ITEP-RN) está dando início a realização de exames de retrato falado, que consiste em identificar pessoas através de características faciais. Este novo serviço irá auxiliar a Polícia Civil em investigações de crimes, facilitando na identificação de suspeitos.

Segundo Marcos Brandão, diretor-geral do ITEP, foi investido R$ 20 mil para reforma de uma sala e aquisição de equipamentos necessários para abertura do setor.

“Este serviço é importantíssimo para auxiliar nas investigações. Com a realização do exame podemos ter uma aproximação de cerca de 90% das características faciais do suspeito”, revela.

O exame de retrato falado será realizado por um agente técnico forense papiloscopista, que irá atender possíveis vítimas para realizar a construção de um perfil facial do suspeito.

Produtores de alimentos devem atentar para rotulagem adequada.

Lista de ingredientes fora da ordem decrescente, falta de informações data de validade e cuidados para conservação correta, além de tabela nutricional com porções inadequadas e informações nutricionais incorretas. Esses são os principais problemas identificados pela vigilância sanitária nos rótulos de produtos de empresas do setor alimentícios do estado. Para ajudar os empreendedores na rotulagem correta, o Sebrae no Rio Grande do Norte promoveu nesta quarta-feira (27) duas palestras técnicas voltadas para esse tema.

A capacitação faz parte das ações do projeto da Indústria de Alimentos e Bebidas do RN do Sebrae e foi executada em parceria com a Vigilância Sanitária de Natal. A nutricionista da Coordenadoria de Vigilância à Saúde (Covisa) Sônia Soares falou para os empresários sobre a relação entre os rótulos e os diretos do consumidor à informação. “Quando um empresário produz alimentos, ele tem responsabilidade direta com a vida das pessoas”, alerta Sônia Soares.

Já a nutricionista do Núcleo de Informação, Educação e Comunicação da Vigilância Sanitária de Natal, Sônia Fernandes, ministrou palestra ‘A Rotulagem de Alimentos na Segurança Alimentar Nutricional’, abordando a legislação que compõe a rotulagem, desde a resolução 259, de 2002, que é considerada o manual das embalagens dos alimentos de uma forma geral, até a resolução 26 de 2015, que trata dos alergênicos.

Ministrada para empresários do segmento de alimentação saudável, a palestra informou sobre os principais cuidados e regras no contexto da segurança alimentar. “Infelizmente, alguns empresários ainda imaginam que rotulagem é mera burocracia. E não é bem assim. Existe todo uma questão de segurança alimentar e nutricional envolvida. É uma exigência global”, defende Sonia Fernandes.

Segundo ela, além dos erros mais cometidos já citados, muitas embalagens do segmento de panificação e lácteos ainda têm informações incompatíveis em relação à presença de glúten. “Os alergênicos são outros problemas. Às vezes, o produto até pode não ter determinada substância, mas, se no processo produtivo tiver algum tipo de cruzamento com outro produto que tenha a substância, é preciso indicar na embalagem”, esclarece a nutricionista sobre as boas práticas.

Aplicativo
Na avaliação da especialista, qualquer empresa que produz alimento, não importa se industrial ou artesanalmente, precisa de um acompanhamento e assessoria na área de rotulagem. “O rótulo é o grande comunicador de risco. Na hora em que uma empresa coloca informações corretas para o consumidor, ela está gerenciando riscos futuros”.

A vigilância sanitária começa também uma campanha sobre as metas da década da nutrição, que envolve, entre outros itens, um esforço para redução dos teores de açúcar, sal e gordura nos alimentos. O órgão inclusive elaborou um aplicativo para dispositivos Android que indica se a quantidade de determinado ingrediente nos produtos é adequada ou não. Com o aplicativo, o consumidor digita os valores da tabela de informações e o programa indica com o verde se está nos níveis aceitáveis ou vermelho, caso haja reprovação. Denominado Rótulo Saudável, o app pode ser baixado da Play Store.

Procuradora-geral da República diz que corrupção afeta os direitos humanos.

A procuradora-geral da República (PGR) e presidente do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), Raquel Dodge, fez uma contundente defesa dos direitos humanos na reunião do Conselho Nacional dos Direitos Humanos (CNDH). Foi a primeira vez que um chefe do Ministério Público Federal (MPF) prestigiou uma reunião ordinária do conselho.

Antes mesmo de assumir o cargo, a procuradora-geral já vinha sinalizando que, durante sua gestão, o MPF passaria a dar uma maior atenção à defesa dos direitos humanos. Entre suas primeiras medidas está a criação da Secretaria de Direitos Humanos e Defesa Coletiva do CNMP, cujo comando entregou à procuradora de Justiça de Goiás, Ivana Farina Navarrete, que presidiu o Conselho Nacional de Direitos Humanos de maio a dezembro do ano passado. Já para a vice-procuradoria-geral, Raquel Dodge nomeou o subprocurador-geral Luciano Mariz Maia, que atua como coordenador da Câmara de Populações Indígenas e Comunidades Tradicionais, tendo sido por quatro anos procurador federal adjunto dos direitos do cidadão.

Hoje, ao comentar que já determinou que arquitetos reestruturem o espaço ocupado pela Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão no edifício-sede do MPF, foi ovacionada pelos conselheiros, conhecedores do significado do gesto simbólico.

Ao anunciar que a PGR estará “à disposição” do CNDH para “dialogar” em busca de uma pauta convergente, Raquel Dodge repetiu que dará a mesma ênfase à defesa dos direitos humanos que é dada às questões criminais. A procuradora-geral disse que, desde que coordenou a área criminal do MPF, de 2010 a 2014, se pauta pela compreensão de que o Direito Penal é um “instrumento de distribuição de direitos humanos”.

“A corrupção afeta sobretudo os direitos humanos. Quando investigamos e punimos corruptos, o fazemos porque o dinheiro é desviado de políticas públicas necessárias para atender à população brasileira. É desviado de áreas que financiam o acesso das pessoas à educação, à saúde, ao transporte, inviabilizando serviços públicos”, afirmou Raquel Dodge.

“Não fosse a Uern, teríamos outro Rio Grande do Norte”, diz Mineiro.

No aniversário de 49 anos da Universidade Estadual do RN (Uern), o deputado estadual Fernando Mineiro (PT) parabenizou, na sessão plenária desta quinta-feira (28), a comunidade que faz a instituição e reiterou a importância dela para o desenvolvimento do estado, sobretudo no ensino público.

“Não fosse a Uern, teríamos outro Rio Grande do Norte”, disse Mineiro. “Ela tem, ao longo dos anos, formado várias gerações de profissionais das mais diversas áreas, em particular que atuam na educação básica do RN”, completou.

O deputado, que é defensor da Uern pública e de qualidade, ressaltou que o seu maior presente à instituição é continuar firme na luta por mais investimentos.

Educação no interior
“A Uern possibilitou uma mudança na interiorização do ensino superior e na melhoria dos índices de educação básica, a partir da criação dos cursos de Pedagogia e licenciaturas”, destacou Mineiro.
“Imaginem a escuridão que seria a nossa educação se não fosse a Uern”, afirmou. “Milhares de jovens tiveram acesso ao ensino superior na época em que não havia instituições no interior”.

Mineiro lembrou ainda que hoje, o RN tem também a Ufersa em várias cidades, 20 IFRNs e a UFRN fortalecida em alguns municípios.

“Claro que a Uern tem problemas e redefinições a serem feitas, mas alguns oportunistas do estado que são contra a educação pública se aproveitam das debilidades para jogar a instituição na lata do lixo”, criticou.

Denúncia contra Temer será votada até dia 23 de outubro, afirma Maia.

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou hoje (28) que “com certeza” a segunda denúncia contra o presidente Michel Temer e os ministros Eliseu Padilha (Casa Civil) e Moreira Franco (Secretaria-Geral da Presidência) será votada em plenário até o dia 23 de outubro.

Maia deu a declaração após se reunir, pela segunda vez nesta semana, com a presidente do Supremo Tribunal Federal, ministra Cármen Lúcia. Ele, no entanto, voltou a negar que o tema tenha sido discutido no encontro.

Ontem (27), o presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara, Rodrigo Pacheco (PMDB-MG), descartou que a denúncia seja fatiada, com votações separadas para presidente e ministros. Ele acrescentou  que  está encontrando “dificuldades” para escolher um relator.

Anvisa proíbe venda e consumo de carne moída com conservante não permitido.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) determinou o recolhimento, em todo mercado nacional, do lote fabricado em 22 de março de 2017 e com validade 22 de março de 2018, da carne moída congelada bovina da marca Grã Filé, SIF/Dipoa 0049/206, na embalagem plástica de 500g, produzida pelo Frisa-Frigorífico Rio Doce S.A. O produto contém sulfito, um conservante proibido pelo Ministério da Agricultura.

Segundo a Anvisa, a carne do lote proibido foi reprovada em testes feitos no Laboratório Central de Saúde Pública do Rio de Janeiro (Lacen-RJ) por apresentar sulfito.

A Agência também determinou ainda o recolhimento da carne, que deve ser feito pela fabricante.

EUA acolherão no máximo 45 mil refugiados em 2018, menor nível desde 1980.

Os Estados Unidos (EUA) pretendem admitir o limite máximo de 45 mil refugiados no ano fiscal 2018, o menor número estabelecido desde 1980, uma redução que o governo de Donald Trump justificou, em parte, pela necessidade de garantir "a segurança do povo americano". A informação é da Agência EFE.

O Departamento de Estado dos EUA enviou hoje (28) ao Congresso o número máximo de refugiados que o governo poderá admitir no ano fiscal que começa em 1º de outubro e termina em 30 de setembro de 2018.

"Admitiremos até 45 mil refugiados de todo o mundo no ano fiscal 2018", informou, em entrevista por telefone, um alto funcionário americano, que pediu anonimato.

Por regiões, os Estados Unidos aceitarão o máximo de 1.500 refugiados procedentes da América Latina e do Caribe, uma queda notável em relação ao limite de 5 mil que o governo do ex-presidente Barack Obama estabeleceu para o atual ano fiscal.

Da África poderão chegar até 19 mil refugiados (frente aos 35 mil deste ano fiscal), enquanto que do Oriente Médio e do Sul da Ásia será admitido o limite máximo de 17 mil (perante os 40 mil do atual período).

Por último, os Estados Unidos poderão receber um máximo de 5 mil refugiados do Leste da Ásia (frente aos 12 mil anteriores) e o limite de 2 mil procedentes da Europa e do centro da Ásia (frente aos 4 mil do atual ano fiscal).

Esses níveis são os mais baixos desde que o programa de refugiados dos Estados Unidos foi estabelecido em 1980. Eles foram fixados após intenso debate entre as agências do governo, durante o qual um dos assessores de Trump, Stephen Miller, chegou a defender a redução do limite até 15 mil, segundo o jornal The New York Times.

Criminosos explodem terminal de banco na cidade de jaçanã/RN

Criminosos explodiram um terminal bancário do Bradesco dentro de um posto de combustíveis na cidade de Jaçanã, na região Agreste potiguar. O crime aconteceu na madrugada desta quinta-feira (28). Esta é a segunda vez no ano que a agência foi alvo de criminosos.

Segundo a Polícia Militar, a explosão aconteceu por volta das 2h45, e os criminosos chegaram à cidade em três veículos. Com a explosão, parte da parede da agência desabou e o terminal ficou totalmente destruído.

A PM acredita que o dinheiro não foi levado porque o dispositivo de segurança do caixa liberou uma tinta especial e manchou as cédulas. Muitas delas ficaram espalhadas pelo chão.
 
Ainda de acordo com a polícia, os suspeitos fugiram atirando em estabelecimentos, inclusive na base da PM. Grampos de ferro foram espalhados nas estrada que dão acesso à cidade. A polícia fez buscas, mas ninguém foi preso.

Quando devo chamar o SAMU?


Morre aos 91 anos Hugh Hefner, fundador da revista ‘Playboy’.

A revista “Playboy” informou que seu criador e fundador, Hugh Hefner, morreu na noite desta quarta-feira, 27, de causas naturais. O empresário, que revolucionou a cultura e os símbolos sexuais, tinha 91 anos e estava na casa em que vivia, na Playboy Mansion West, em Los Angeles (EUA).

A primeira publicação da revista foi em 1953, quando não havia espaço para falar sobre sexo nos Estados Unidos. Em plena década de 50, Hefner publicou fotos de Marilyn Monroe nua. Apesar de proibidas para adolescentes, as publicações tornaram-se uma espécie de “bíblia” para os homens. O conteúdo trazia fotos e textos picantes – além de entrevistas dinâmicas e profundas com personagens como Fidel Castro, John Lennon, Frank Sinatra, Marlon Brando, o ex-presidente dos Estados Unidos, Jimmy Carter.

No Brasil, a Playboy também marcou época, apresentando a nudez de atrizes e personalidades. A publicação esteve sob comando da editora Abril durante 40 anos. Em 2015, após reformulação da editora, a publicação passou para outras mãos – começou a ser feita pela Playboy Brasil (PBB), dirigida por um grupo paranaense sem experiência no ramo editorial.

Filhos de Romero Jucá são alvos de operação da PF.

A Polícia Federal realiza, na manhã desta quinta-feira, a operação Anel de Giges, que combate os desvios em um projeto do programa Minha Casa, Minha Vida na cidade de Boa Vista, capital de Roraima. A PF cumpre 17 mandados judiciais, sendo nove mandados de busca e apreensão e oito de condução coercitiva. Segundo o jornal O Estado de S.Paulo, entre os alvos, parentes e enteados do senador Romero Jucá (PMDB-RR), líder do governo no Senado Federal.

Na lista dos mandados de condução coercitiva e de busca estariam Rodrigo e Marina Jucá, filhos do senador, Luciana e Ana Paula Surita Macedo, filhos da prefeita de Boa Vista Teresa Surita (PMDB), ex-mulher de Jucá. De acordo com o Estadão, a casa de Ana Paula alvo de um mandado de busca e apreensão é, também, o domicílio onde vive a prefeita, enquanto a irmã e Marina Jucá vivem em Brasília. Rodrigo Jucá, que não foi encontrado em casa, já foi deputado estadual e, em 2014, candidato a vice-governador de Roraima.
 
Segundo as investigações, eles estariam envolvidos com um desvio de 32 milhões de reais dos cofres públicos, feito na forma de um pagamento superfaturado sobre o terreno conhecido como “Fazenda Recreio” e sob o qual foi construído o empreendimento Vila Jardim, do programa federal. As suspeitas também envolvem a fiscalização e aprovação da compra pela Caixa Econômica Federal.

Índice que reajusta aluguel acumula queda de 1,45% em 12 meses.

O Índice Geral de Preços do Mercado (IGP-M) encerrou setembro em alta de 0,47%, taxa bem acima da registrada em agosto (0,10%) e mais do que o dobro da variação mensurada em setembro do ano passado (0,20%). No acumulado do ano, no entanto, o resultado ainda é de uma queda de 2,10% e, nos últimos 12 meses, -1,45%. Esta última taxa é que serve de base de cálculo para renovação da maioria dos contratos de aluguel.

Essa elevação foi influenciada, principalmente, pela alta dos preços no setor atacadista. O Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA) passou de uma queda de 0,05% para um aumento de 0,74%. Um dos motivos é o peso da alta dos preços dos combustíveis (de 0,24% para 6,11%), no processamento dos bens para consumo.

Também houve impacto no subcomponente matérias-primas brutas devido às cotações de algumas commodities (produtos primários com cotação no mercado internacional). Os destaques são bovinos (de 0,12% para 8,89%), milho em grão (de -2,48% para 6,63%) e soja em grão (de -1,75% para -0,06%). Em compensação, reduziu o ritmo de pressão em relação ao minério de ferro (de 11,65% para 7,88%), café em grão (de 3,64% para -2,32%) e leite in natura (de -4,15% para -7,19%).

Nos demais componentes do IGP-M, caiu a velocidade de correção dos preços. O Índice de Preços ao Consumidor (IPC) apresentou queda de 0,09% (ante uma alta de 0,33%, em agosto) e o Índice Nacional de Custo da Construção (INCC) teve variação de 0,14%, inferior ao resultado de agosto último (0,40%).

Olimpíada de Inverno na Coreia do Sul convive com ameaça da Coreia do Norte.

A tensão entre a Coreia do Norte e os Estados Unidos, além dos repetidos testes de mísseis do regime de Kim Jong-un, geram inquietação pela segurança dos Jogos Olímpicos de Inverno de PyeongChang, que serão disputados em fevereiro de 2018 na Coreia do Sul, muito perto da fronteira com o país vizinho. A reportagem é da EFE.

Faltando pouco mais de um mês para a chegada da tocha olímpica à Coreia do Sul e a 134 dias para o início das competições em 9 de fevereiro, a crise norte-coreana tomou conta das manchetes que, pela proximidade do evento, já deveriam estar dominadas pelo esporte.

As provocações entre Donald Trump e Kim Jong-un, o voo de bombardeiros americanos sobre a região e o último teste nuclear de Pyongyang geraram preocupação em vários países que enviarão atletas para os Jogos de Inverno, como França, Alemanha e Áustria.
O Comitê Organizador mostrou absoluta confiança de que, apesar da crescente tensão, PyeongChang 2018 não será o primeiro evento olímpico a ser cancelado desde a Segunda Guerra Mundial.

O Ministério de Relações Exteriores da Coreia do Sul tem se apressado em dizer que, mesmo com as incertezas, nenhum país desistiu da competição. A diplomacia de Seul também promete que o governo redobrará os esforços para garantir a segurança e aliviar qualquer temor entre os atletas e o público.

"Estamos preocupados pelos comentários agressivos de Kim Jong-un e Trump", admitiu em entrevista coletiva o ministro de Cultura, Esportes e Turismo da Coreia do Sul, Do Jong-whan, que disse compreender a inquietação geral sobre a segurança do evento.

"Mas quero lembrar que estamos tentando garantir a paz e a segurança em toda a península coreana. Queremos aproveitar PyeongChang para transformar crise em oportunidade", completou.

Compadre Maninho é hoje o nosso aniversariante do dia.

Meu compadre Manoel Pedro mais conhecido por Maninho. Hoje eu não poderia deixar de lhe desejar um feliz aniversário e um dia muito especial. Você completa mais um ano de vida, mais um ano de existência e nós comemoramos mais um ano da sua presença entre nós.

Que Deus derrame sobre você toda sorte de bênçãos, que lhe proteja sempre e encha a sua vida de paz, amor e luz. Que você receba hoje como presente muita saúde, prosperidade e felicidade, e que estes presentes fiquem com você por toda a sua vida.

Desejo ainda muitos sonhos para sonhar e realizar, além de muitas metas para alcançar. Muito sucesso sempre, compadre, um abraço muito forte! Parabéns!  

Governo do RN vai concluir o pagamento dos salários de agosto no dia 5 de outubro.

O Governo do RN anunciou agora pouco que pagará nesta sexta-feira (29) um parcela de R$ 4 mil aos servidores que ganham acima desse valor, referente ao mês de agosto.

São 21.800 servidores ativos, inativos e pensionistas que receberão o “vale”.

O pagamento representa R$ 87 milhões e será liberado após às 12 horas.

O complemento dos salários acima de R$ 4 mil será pago no dia 5 de outubro, o que representa mais R$ 66 milhões.

Já os servidores da Educação e dos órgãos da administração que possuem arrecadação própria (DETRAN, IPERN, IDEMA, JUCERN, DEI) receberão os salários de setembro na sexta-feira (29).

A folha da Secretaria de Educação e destes cinco órgãos contempla 23 mil servidores e soma R$ 53 milhões.

O secretário de Estado do Planejamento Gustavo Nogueira explica que o mês de setembro historicamente é o pior em arrecadação para os Estados e municípios. Ele cita como exemplo a receita do Fundo de Participação do Estado – FPE que este mês deve ficar em R$ 225 milhões.

“Em agosto deste ano recebemos do FPE R$ 268 milhões, em julho R$ 236 milhões e em junho R$ 307 milhões. Esta redução no mês citado compromete a nossa capacidade de pagamento, e, mesmo com a receita total do Estado (Fonte: Tesouro) maior em termos reais em 4,5%, se comparado com igual período do ano de 2016, ainda não é suficiente para atingirmos o equilíbrio financeiro”, afirmou.

Gustavo Nogueira também informa que ao comparar o período de janeiro a 26 de setembro de 2017 com o mesmo período de 2014 a receita total do Estado (Fonte: Tesouro) apresenta uma queda real de -2,46%.

“Buscamos o equilíbrio financeiro e condições para colocar a folha de pagamento em dia e ampliar a capacidade de investimentos do Estado. Esta é uma determinação do governador Robinson Faria que perseguimos e fazemos todos os esforços para alcançar. Entretanto também dependemos do crescimento econômico do país”, conclui o secretário de Planejamento.